Home NotíciasBrasilPMs ameaçam homem que reclamou de aglomeração em visita de Bolsonaro

PMs ameaçam homem que reclamou de aglomeração em visita de Bolsonaro

Por Fernando Caixeta

Um vídeo que mostra dois policiais ameaçando um cidadão em Araguari, durante a visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao município do Triângulo Mineiro, nesse sábado (27), viralizou nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver e ouvir o militar mandando o homem calar a boca e ameaçando-o de prisão.

Leia mais: Engenheiro civil relata ameaças e nega ter ofendido fiscal

Na filmagem, ao fim das ameaças da dupla de policiais, o homem diz: “Amanhã, a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] ‘tá’ lotada”. A reclamação faz referência a um eventual surto de contaminação por Covid-19 na cidade em virtude da aglomeração.

“Não abre a boca. Se você quer ficar aqui, você fica caladinho”, diz o militar. Não é possível compreender toda a conversa, pois alguns trechos são inaudíveis, mas fica clara a ameaça de prisão caso o homem se negue a cumprir a ordem do agente de segurança. “Não tumultua, não, senão você vai tomar. Primeiro nós estamos te avisando. Então você fica de boa aí e não enche o saco de ninguém, não”.

Leia mais: Empresário Ricardo Nunes, da Ricardo Eletro, é preso por sonegação

O Planalto afirmou que não irá comentar o episódio. O Metrópoles acionou a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) sobre a postura dos profissionais e aguarda resposta.

Leia outras matérias no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Comentários