Home NotíciasVariedadesDançarina é condenada à prisão por postar vídeos no TikTok

Dançarina é condenada à prisão por postar vídeos no TikTok

Por Heloisa Caixeta

A dançarina de dança do ventre egípcia Sama el-Masry foi condenada a três anos de prisão e ao pagamento de uma multa de US$ 18 mil por “atos indecentes” ao publicar fotos e vídeos nas redes sociais.

Leia mais: Animais ‘bizarros’ com características humanas intrigam internautas

A mulher, de 42 anos, foi acusada pelo Ministério Público do Egito de “cometer atos indecentes em público”, “incitar a prostituição” e “violar os valores familiares da sociedade egípcia”. As publicações foram feitas no TikTok.

Sama el-Masry foi detida em abril. Na ocasião, ela negou que tenha feito upload dos vídeos nas redes sociais, e alegou que teve o celular roubado e o conteúdo foi publicado por outra pessoa sem o seu consentimento.

Leia a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Leia mais: Johnny Depp diz que levou soco de Amber Heard após perder dinheiro

Comentários