Home NotíciasBHIncêndio queimou 50 hectares da Serra do Curral; combate ao fogo durou 12 horas

Incêndio queimou 50 hectares da Serra do Curral; combate ao fogo durou 12 horas

incendio serra curral

Militares do Corpo de Bombeiros passaram 12 horas combatendo o incêndio que atingiu a Serra do Curral na noite desse domingo (28), em Belo Horizonte. O fogo queimou 50 hectares, que equivalem a 70 campos de futebol, de acordo com a medição feita pelos bombeiros na manhã desta segunda-feira (29).

De acordo com o tenente Leonan Soares, a equipe fez o rescaldo em algumas áreas na noite de ontem, mas não tinham condições de realizar o trabalho em toda a extensão. Eles finalizaram a ocorrência às 3h desta madrugada e, nesta manhã, os militares retornaram com um drone para avaliar as áreas atingidas pelo incêndio.

Leia mais: Demitido, gari perde a mãe e tem moto furtada no mesmo dia em BH: ‘Deus abençõe quem pegou’

“Ficamos até as 8h de hoje, avaliamos o local e decidimos finalizar a ocorrência. Não há mais risco de reignição [nova ignição de incêndio já combatido e extinto] e o monitoramento do local vai continuar sendo feito”, explica o tenente. Nesta tarde, o Corpo de Bombeiros divulgou a extensão da área que foi atingida pelo fogo, em um perímetro de 5 km.

O incêndio queimou o equivalente a 70 campos de futebol (CBMMG/Divulgação)

Ainda segundo o militar, as causas do incêndio ainda são desconhecidas, mas é provável que tenha sido um ato criminoso. “Ainda não conseguimos precisar onde o fogo começou e quem o iniciou. Por causa das condições climáticas, é muito pouco provável que a causa tenha sido natural, então provavelmente ele foi resultado de ação humana”, conta.

Leia mais: Comércio permanece fechado em BH, mas abertura total por 4 dias será estudada

12 horas de combate

Os militares chegaram ao local às 15h do domingo e deixaram o local às 3h desta segunda-feira. De acordo com o tenente Leonan, a prioridade no combate foi na região do Hospital da Baleia, já que os fogos poderiam atingir o edifício.

O fogo foi controlado pelos bombeiros (CBMMG/Divulgação)

“O hospital foi nossa primeira preocupação na hora de apagar o incêndio. Ele não chegou a ser atingido, conseguimos controlar o fogo antes de chegar lá”, conta o tenente. O Corpo de Bombeiros também monitora as áreas dos parques próximos ao local.

“Entramos em contato com o pessoal do Parque da Serra do Curral, do Parque das Mangabeiras. A equipe de monitoramento acompanha tudo e aciona os bombeiros se houver risco de reignição”, conclui o militar.

Susto

O fogo que se alastrou pela Serra do Curral podia ser visto de várias regiões da capital mineira na noite de domingo e até o cheiro da fumaça chamou a atenção da população, que se assustou com o incêndio. Pelas redes sociais, moradores de vários bairros comentaram sobre o fogo e lamentaram o ocorrido.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários