Volta do futebol em Minas no próximo mês é barrada pelo governo

volta campeonato mineiro barrada governo minas
Clássicos, como o ocorrido em março, ainda não têm previsão para voltar (Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético)

O Campeonato Mineiro ainda não tem data de retorno e a proposta da FMF (Federação Mineira de Futebol) de retomar a competição em julho foi vetada pela SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais). O Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) afirmou nesta segunda-feira (29) que “nenhum protocolo seria adequado ao momento”.

O protocolo feito pela FMF foi proposto à SES-MG no dia 17 de junho, quando representantes da federação, da secretaria e integrantes dos departamentos médicos do Atlético e do Cruzeiro se reuniram para discutir a retomada do futebol em Minas Gerais. O modelo previa a retomada do Campeonato Mineiro no dia 26 de julho e a realização de toda a competição em uma única cidade. Contudo, a decisão final dependia da autorização do COES-MG, que acabou vetando a proposta.

O órgão afirma que cenário atual da pandemia de Covid-19 em Minas Gerais impossibilita o retorno da competição. “Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos”, diz um trecho da nota (leia na íntegra abaixo).

De acordo com o informe epidemiológico divulgado pela SES-MG nesta segunda-feira, Minas Gerais já registrou 43.864 casos confirmados de Covid-19 e 918 óbitos causados pela doença. 

Nota do COES-MG

“O Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) avaliou os protocolos apresentados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e pelos times mineiros, e que solicitava o retorno às atividades do futebol para o Campeonato Mineiro. Diante de um panorama com piora da situação epidemiológica e assistencial, em que, inclusive, foi recomendado o retorno de todos os municípios que aderiram a Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 39 de 29 de abril de 2020 (Plano Minas Consciente) para a onda verde, a avaliação feita foi de que nenhum protocolo seria adequado ao momento. Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento”

Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.