Home NotíciasCoronavírusMinas chega a 965 mortes por Covid-19: ‘Estamos em um momento crítico’

Minas chega a 965 mortes por Covid-19: ‘Estamos em um momento crítico’

minas covid-19 Zema

Os números da Covid-19 continuam avançando em Minas Gerais. De acordo com dados do boletim epidemiológico divulgados nessa terça-feira (30), o Estado já tem mais de 45 mil infectados e chegou à marca de 965 mortes provocadas pelo novo coronavírus.

Em entrevista ao jornal Estado de Minas (confira aqui), nesta terça, o governador Romeu Zema (Novo) disse que o momento vivido pelo Estado é angustiante e disse que a situação crítica deve durar por cerca de um mês em Minas.

Leia mais: ‘Novo normal’: PBH divulga restrições em caso de reabertura de atividades ainda vetadas na capital

“Nós estamos em um momento crítico. Isso realmente causa esse mal estar, vendo o número de óbitos subir. Mas vamos deixar bem claro: não está faltando medicamentos ou leitos para ninguém. Isso é que realmente seria algo muito grave. Temos que estar preparados para o que vai acontecer e sabemos que esta situação crítica vai continuar por pelo menos 20, 30 dias”, disse.

Segundo a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais), nas últimas 24h foram 25 mortes registradas e 1,1 mil novos infectados. Veja o que mudou em relação ao boletim dessa segunda (29):

  • 45.001 casos confirmados (aumento de 2,5%)
  • 965 mortes (aumento de 2,6%)
  • 17.604 casos em acompanhamento (queda de 0,9%)
  • 26.432 casos recuperados (aumento de 5%)
Leia mais: Mesmo com multa de R$ 100, pessoas são flagradas sem máscara em BH

E o hospital de campanha?

O Governo de Minas informou, por meio de nota, que o hospital de campanha deve ser inaugurado em breve. “Será utilizado em caso de necessidade, ou seja, quando esgotada todas as possibilidades de atendimento na rede hospitalar convencional do Estado. O Governo de Minas está acompanhando o crescimento de ocupação dos leitos e identificando a necessidade da abertura do Hospital de Campanha”.

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Comentários