Home NotíciasCoronavírusCovid-19: Minas tem novo recorde de mortes em 24h e óbitos chegam a 1.183

Covid-19: Minas tem novo recorde de mortes em 24h e óbitos chegam a 1.183

minas covid-19 Zema

O mais recente boletim epidemiológico a respeito dos casos de Covid-19 em Minas, divulgado neste sábado (4) pela SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde), confirma um novo recorde de mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Ao todo, foram contabilizados 73 novos óbitos.

Com os novos registros, Minas tem, agora, 1.183 mortos por conta da Covid-19. Entre essa sexta-feira (3) e hoje, também foram confirmados novos 2607 casos da doença, o que eleva o número total de contaminados para 55.958.

Leia mais: Taxa de contágio da Covid-19 em Minas está abaixo de 1 e indica recuo

A capital mineira segue como a cidade com o maior número de casos e mortes decorrentes da doença. São 7385 infectados e 176 óbitos em BH. Uberlândia, no Triângulo Mineiro, aparece na segunda colocação: são 7323 casos conformados e 110 mortes.

Ainda segundo os números divulgados pelo governo, 33.479 pacientes se recuperaram da doença em Minas. Desde o início da pandemia, 6.375 tiveram que ser internados e 49.583 orientados a ficar em isolamento domiciliar. Na rede pública, 44.003 pessoas foram testadas.

Entre as pessoas que morreram, a média de idade é de 69 anos. E a idade é a comorbidade mais comum em tal grupo: 75% das mortes em MG são de idosos. Além da faixa etária, doença cardiovascular, hipertensão, diabetes e pneumonia são algumas das outras comorbidades mais comuns.

Leia mais: Bolsonaro foi preponderante para termos 100 mil mortes por Covid, diz Mandetta

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Roberth Costa

Roberth Costa

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal no ano de 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove de Belo Horizonte e tem como foco a editoria de Cidades.

Comentários