Home NotíciasCoronavírusNick Cordero, astro internacional, morre aos 41 anos por Covid-19

Nick Cordero, astro internacional, morre aos 41 anos por Covid-19

nick cordero

Nick Cordero, ator da Broadway e da TV que passou meses em terapia intensiva após sofrer complicações por coronavírus, morreu aos 41 anos, na manhã desse domingo (5). Enquanto estava no hospital, ele teve infecções, um mini-derrame, e a perna direita amputada. O anúncio da morte foi feito por Amanda Kloots, mulher do ator, pelo Instagram.

“Meu coração está partido porque não consigo imaginar nossas vidas sem ele”, escreveu sua esposa. “Deus tem outro anjo no céu agora. Meu querido marido faleceu esta manhã. Ele estava cercado de amor por sua família, cantando e orando enquanto gentilmente deixava esta terra”, prosseguiu.

Leia mais: Homem tanta raptar menina de 6 anos em hotel; vídeo assusta e acende alerta

Kloots lembrou do marido como “uma luz brilhante” que era “era amiga de todos”. Ela também prestou homenagem ao seu médico “extraordinário” e agradeceu a todos pelo “derramamento de amor, apoio e ajuda” que receberam.

Ver essa foto no Instagram

God has another angel in heaven now. My darling husband passed away this morning. He was surrounded in love by his family, singing and praying as he gently left this earth. ⠀ I am in disbelief and hurting everywhere. My heart is broken as I cannot imagine our lives without him. Nick was such a bright light. He was everyone’s friend, loved to listen, help and especially talk. He was an incredible actor and musician. He loved his family and loved being a father and husband. Elvis and I will miss him in everything we do, everyday. ⠀ To Nicks extraordinary doctor, Dr. David Ng, you were my positive doctor! There are not many doctors like you. Kind, smart, compassionate, assertive and always eager to listen to my crazy ideas or call yet another doctor for me for a second opinion. You’re a diamond in the rough. ⠀ ⠀ I cannot begin to thank everyone enough for the outpour of love , support and help we’ve received these last 95 days. You have no idea how much you lifted my spirits at 3pm everyday as the world sang Nicks song, Live Your Life. We sang it to him today, holding his hands. As I sang the last line to him, “they’ll give you hell but don’t you light them kill your light not without a fight. Live your life,” I smiled because he definitely put up a fight. I will love you forever and always my sweet man. ❤️

Uma publicação compartilhada por AK! ⭐️ (@amandakloots) em

Campanha

Leia mais: Brasil tem 514 mortes por Covid e 24.746 novos infectados em 24 horas

Enquanto Cordero estava no hospital, Kloots enviava regularmente vídeos dela e do filho de um ano, Elvis, e incentivava os fãs a participarem de um canto diário. Uma página de angariação de fundos para ajudar a pagar as despesas médicas arrecadou mais de US$ 600 mil, aproximadamente R$ 3,2 milhões.

Cordero foi indicado ao Tony Awards por seu papel em “Bullets Over Broadway” e apareceu em “Waitress” e “A Bronx Tale”. Ele também participou de “Law & Order: Special Victims Unit”, e do filme “Going in Style”, de 2017, estrelado por Morgan Freeman, Michael Caine e Alan Arkin.

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva da UOL.

Comentários