Home PatrocinadoSmartphones e alta tecnologia: veja como funciona a nova renda fixa no Brasil

Smartphones e alta tecnologia: veja como funciona a nova renda fixa no Brasil

#Publipost – Esta publicação é patrocinada

Investir na crise não é tarefa fácil. Em tempos de juros baixos e instabilidade na bolsa, muitos ficam perdidos na hora de decidir qual o melhor caminho a ser seguido. Afinal, a renda fixa tradicional já não apresenta os mesmos ganhos e os ativos de renda variável ainda podem, para muitos, representar um alto risco.

Para muitos brasileiros o caminho tem sido investir na economia real. Por meio das fintechs, empresas que usam tecnologia para aprimorar os serviços financeiros, investidores conseguem acessar produtos descomplicados com retornos altamente competitivos. É o caso do Allugator Invest, em que você investe em aparelhos smartphones para locação e tem retorno entre 9% e 13% ao ano. Acesse sites.allugator.com/allugator-invest/ e saiba mais.

Investimento com segurança

Criada em 2016 pelos executivos Cadu Guerra e Pedro Sant’Anna, a Allugator é uma plataforma que une pessoas que querem consumir smartphones de uma forma mais barata (a locação) e investidores que querem lucrar financiado a compra destes aparelhos.

“A nossa missão é criar uma nova forma de consumir e de investir. Percebemos que várias pessoas pagam bem para alugar eletrônicos, enquanto diversos investidores poderiam estar lucrando de forma segura com essa operação. Usamos a tecnologia para fazer isso acontecer.” conta o CEO, Cadu, eleito, em 2019, um dos 10 melhores mentores de negócios do Brasil.

O funcionamento da plataforma é bem simples: diversos usuários se cadastram e solicitam a locação anual de aparelhos de ponta, como smartphones Apple e Samsung. Após a aprovação do cliente na criteriosa análise de risco, o investidor pode financiar a compra do aparelho. São pagos ao investidor os proventos mensais da locação e o valor da revenda do produto comprado. Os retornos são pré-fixados e giram entre 9% e 13% ao ano.

“Todos os dias recebemos novos pedidos de aluguéis que geram oportunidades aos investidores com bons retornos. Geralmente elas são preenchidas em poucas horas”, alerta o executivo.

Conrado Abreu, cliente da plataforma desde 2018, conta que foi atraído pela segurança do modelo, que o levou a fazer repetidos aportes: “O legal, para mim, é que os ativos são produtos de valor agregado, como iPhones e outros celulares. Me sinto mais seguro sabendo que meu dinheiro está imobilizado em um produto que é muito desejado.” conta o investidor que já investiu em dezenas de eletrônicos diferentes.

Já Pedro Rabelo, cliente desde 2019, observa que foi atraído pela engenharia financeira do modelo: “É como as locadoras de carro fazem. Compram barato, alugam e depois revendem com boas margens. Gostei muito da ideia de ter uma plataforma para fazer isso pra mim”.

Os investimentos, naturalmente, correspondem ao valor nominal dos produtos que são financiados pelos investidores para os locatários. O aporte mínimo é de R$2.539 e corresponde ao iPhone SE. Outros modelos, como Samsungs e o iPhone 11, chegam a ter retornos de 13% ao ano.

As oportunidades são ofertadas na plataforma, disponível no site sites.allugator.com/allugator-invest/. Basta se cadastrar e definir o seu perfil de investidor para ter acesso a todas as oportunidades disponíveis.

Time Allugator (Divulgação)

A empresa, que já opera em mais de 20 estados do Brasil com cerca de 7 mil clientes, projeta uma expansão agressiva. “Vamos seguir crescendo e entregando bons resultados. Ainda tem muita gente investindo e consumindo mal no Brasil e na América Latina. Nós nascemos para mudar essa realidade”, diz Guerra.

Acesse agora o site e comece a lucrar com um investimento seguro: sites.allugator.com/allugator-invest/

Comentários