Home NotíciasVariedadesCompositor de BH cria ‘resumão musical’ dos últimos 50 anos no Brasil

Compositor de BH cria ‘resumão musical’ dos últimos 50 anos no Brasil

medley 50 anos musica brasileira

Um desafio de emendar canções uma de cada ano para contar a história da música brasileira em menos de 10 minutos. Foi exatamente isso que o compositor e comediante belo-horizontino João Basílio fez. Um vídeo publicado no último sábado (11) mostra o resultado: uma seleção de 50 músicas que foram combinadas para formar uma única canção que ilustra um trecho da identidade musical do Brasil.

Para selecionar as músicas que entrariam na edição final, foi necessário um processo criterioso. “Eu sempre gostei de brincar de emendar músicas, mas isso você pode ir fazendo sem fim. Aí, para que ela tivesse um conceito mais amarrado, eu cheguei na ideia dos 50 anos, no desafio de emendar 50 músicas”, explicou João ao BHAZ. E essa não foi a única regra: “Além disso, adotei o critério do Top 100, porque pensei: tem que ser música conhecida. Aí estabeleci também a duração de 15 segundos e o último critério, que não poderia repetir o intérprete”.

Leia mais: Fãs de ‘Chaves’ fazem abaixo-assinado pela volta das séries de Bolaños à TV

Confira abaixo a versão final do projeto, que inclui artistas variados, como Chico César, Skank, Seu Jorge, Elis Regina, Legião Urbana, Luan Santana, Jorge e Matheus e vários outros:

Ao todo, o processo levou 10 meses desde o início da pesquisa para selecionar as músicas até a gravação. E as dificuldades foram muitas. “À medida que o tempo ia passando, não repetir intérpretes foi muito difícil. Eu fiquei semanas nesse processo: tinha que descartar as músicas internacionais, então às vezes sobrava 40 músicas do ano para trabalhar, aí eu descartava as que tinham o mesmo intérprete. Foi muito trabalhoso mesmo”, pontua João.

Leia mais: Whindersson Nunes faz piada com música de Luísa Sonza em retorno ao YouTube

Segundo desafio

Uma vez finalizada a seleção das músicas, o trabalho continuou: o segundo desafio foi a gravação. Para dar vida à pesquisa de semanas, João convidou outros dois músicos de BH para ajudar. “O vídeo foi gravado ao vivo, sem corte, sem adiantar. Então a gravação envolveu a produção de um guia. O Leandro fez um ajuste de tom e gravou todos os trechos separadamente, depois a gente emendou na edição e eles foram ouvindo e ensaiando exaustivamente para ter o mínimo de erro possível na hora de gravar”, conta o compositor, que explica ainda que o trio precisou gravar seis vezes até chegar no resultado ideal.

E pode ser que uma segunda versão do desafio venha por aí no futuro. “O meu sofrimento pelos artistas importantes que ficaram de fora foi uma coisa que me bateu, então eu terminei lamentando não ter conseguindo colocar alguns, tipo Gilberto Gil, Blitz, Rita Lee, um monte de gente que não teve como abarcar… Talvez um dia eu faça uma segunda sequência para colocar esses outros que eu também sou fã”.

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários