Home NotíciasBHRespiradores que foram roubados na Grande BH são recuperados

Respiradores que foram roubados na Grande BH são recuperados

respiradores hospital

Da PCMG

Cinco respiradores hospitalares foram recuperados pela Polícia Civil de Minas Gerais na tarde desta segunda-feira (13). Os equipamentos foram roubados na BR-040, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, na última sexta (10). A carga, avaliada em aproximadamente R$ 250 mil, saiu da cidade de Serra (ES), com destino a Cuiabá, no Mato Grosso.

Leia mais: PM age rápido e salva bebê engasgado com leite da mãe

Os aparelhos foram roubados por volta das 2h, quando o veículo da vítima foi cercado por outros três automóveis. Oito homens saíram dos carros e fizeram o motorista refém, até que o roubo fosse concluído.

A partir do testemunho da vítima, a equipe da Depatri (Delegacia Especializada em Investigação e Repressão ao Furto, Roubo e Desvio de Carga, do Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Patrimônio), iniciou os levantamentos.

Os policiais civis obtiveram a informação de que os suspeitos, buscando burlar a polícia, descartaram toda a carga em uma estrada vicinal entre Belo Horizonte e Santa Luzia, também na Grande BH, onde o material foi apreendido.

Leia mais: Bar convida atleticanos para assistirem jogo ‘em off’ na Pampulha

Investigação

O delegado César Matoso informa que a polícia já tem pistas dos veículos utilizados no crime e está trabalhando na identificação e prisão dos suspeitos. “Estamos, neste momento, no encalço dos criminosos, que ainda estão em posse do veículo da vítima”, diz.

Segundo o delegado, há suspeitas de que os envolvidos sabiam do conteúdo da carga, dado o valor e pelo fato de ter sido usado um veículo pequeno para o transporte, que chama pouca atenção.

“Por se tratar de respiradores, equipamentos que atualmente têm uma grande procura, o valor econômico desse tipo de material no mercado é muito alto. Isso poderia ter despertado o interesse deles”, explica.

A Polícia Civil já está em contato com as vítimas para a restituição do material roubado. “Estamos agindo o mais rápido possível para que esses aparelhos cheguem em segurança em Cuiabá, a fim de que os pacientes acometidos pelo coronavírus possam ser tratados adequadamente”, finaliza Matoso.

Comentários