Home VeículosAcelera aíRock e automóvel aceleram juntos em diversos sucessos

Rock e automóvel aceleram juntos em diversos sucessos

covid-19

O que Mercedes-Benz, Mustang Ford e O Calhambeque têm em comum? A princípio são apenas designações de marcas e modelos de automóveis, mas a relação entre eles vai mais além: emprestam seus nomes para músicas de um dos estilos mais populares do mundo que neste dia 13 de julho é celebrado em todo o Brasil.

A cantora brasileira Cássia Eller gravou Mercedes-Benz em 1992 (Reprodução/Youtube)

Da união entre o rock e o automóvel surgiram canções icônicas, tais como a imortalizada na voz de Janis Joplin. Escrita pelo poeta Michael McClure, “Mercedes Benz” foi regravada por diversos outros artistas das mais variadas línguas ao longo dos anos.

Leia também: O Exemplo da Califórnia

No Brasil, Cássia Eller, a maior roqueira depois de Rita Lee, gravou uma versão cheia de emoção. A banda Pearl Jam também se rendeu aos versos “Oh, Senhor, você não vai me comprar um Mercedes-Benz? Todos os meus amigos dirigem Porsches, então eu preciso compensar” (tradução do inglês, é claro).

O Calhambeque

O rei do pop que já foi rei do rock no Brasil, Roberto Carlos, também teve seu momento automotivo nos tempos de Jovem Guarda. Além de adorar aparecer em cenas guiando carrões em alta velocidade em seus filmes dos anos 1970, RR fez “O Calhambeque” acelerar nas paradas.

O Calhambeque de Roberto Carlos acelerou nas paradas nos anos 1970 (Foto: Tasso Marcelo)

A canção conta a história do cantor com seu Cadillac, que precisa ir para à oficina para um conserto. Para que o cliente não fique sem carro, o mecânico oferece a ele um calhambeque. E é aí que a história de amor começa. Por sorte, mil garotas quiseram carona.

Leia também: Dia do Automóvel

O Metallica, uma das principais bandas de rock thrash metal do mundo, também se rendeu ao tema. Até porque o vocalista e guitarrista James Hettfield é um louco por carros, declaradamente. Em “Fuel” não há referência a um modelo específicos, mas na letra ele pede “combustível e fogo” para continuar vivo.

Mustang

O Dia do Rock é especial também para uma marca especificamente. A Ford, patrocinadora da edição 2019 do Rock In Rio, preparou até uma playlist em homenagem ao rock. Ela está disponível na plataforma Spotfy (link aqui).

O esportivo Mustang é protagonista em diversos sucessos do rock (Foto: Ford/Divulgação)

A seleção inclui sucessos de Chuck Berry, Wilson Pickett e Dick Dale, entre outros astros. O Mustang, lançado em 1964, está em diversos deles. Veja:

  • Mustang Sally (Wilson Pickett);
  • My Mustang Ford (Chuck Berry);
  • Wild, Wild Mustang (Dick Dale and his Del-Tones);
  • Blue Flame Ford (Truly);
  • Mustang Ford (T. Rex);
  • Black Sunshine (White Zombie & Iggy Pop);
  • Son of Mustang Ford (Swervedriver);
  • Hey, Good Lookin’ (Hank Williams, Drifiting Cowboys).

Leia também: Uma cavalaria eletrizante

Protagonista

Há diversos outros sucessos do bom e velho rock´ in roll onde o automóvel aparece como protagonista. Confirma alguns:

  • Born To Be Wild (Steppenwolf);
  • Rock n’ Roll High School (Ramones);
  • Highway do Hell (AC/DC);
  • Pink Cadillac (Bruce Springsteen);
  • Little Red Corvette (Prince);
  • Eu Quero Ver o Oco (Raimundos);
  • Highway Star (Deep Purple);
  • Drive My Car (Beatles);

Live Aid

O Dia Mundial do Rock, 13 de julho, foi escolhido em homenagem ao Live Aid, megaevento que aconteceu nesse dia em 1985.

A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, então vocalista do grupo Genesis, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o Dia Mundial do Rock.

Acesse: www.aceleraai.com.br

Acelera Ai

Acelera Ai

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários