Home NotíciasBHAssaltantes passam mal durante roubo em BH, são abandonados e um deles morre

Assaltantes passam mal durante roubo em BH, são abandonados e um deles morre

Central de Flagrantes da Polícia Civil

Um jovem de 19 anos morreu na madrugada desta quinta-feira (16) após passar mal quando realizava um assalto na região Leste de Belo Horizonte. Um comparsa dele, de 22 anos, também não se sentiu bem durante o crime, caiu no meio da rua quando fugia e foi preso ao ser abandonado pelo grupo. A Polícia Militar ainda conseguiu recuperar parte dos objetos roubados.

O assalto se iniciou no fim da noite de quarta-feira. Um grupo de quatro homens estava em um Palio cinza e decidiu assaltar duas pessoas que estavam conversando em frente a uma residência no bairro Paraíso, Zona Leste de BH. As vítimas ainda tentaram fugir, mas tiveram pertences roubados: ao todo, dois relógios, dois capacetes, um celular e uma chave de moto foram levados.

Leia mais: PM age rápido e salva bebê engasgado com leite da mãe

Na fuga, um dos assaltantes, de 22 anos, passou mal e caiu no meio da rua. Abandonado pelos comparsas, ele foi capturado pelas vítimas, que logo acionaram a polícia. Assim que os militares chegaram ao local, levaram o criminoso à UPA Centro-Sul, já que ele teve um corte na cabeça devido à queda, segundo a PM. Após ser atendido, foi encaminhado à delegacia.

Morte

Os outros três assaltantes fugiram no Palio, mas um deles também passou mal. Os dois comparsas decidiram, então, abordar um motorista de aplicativo na avenida Silviano Brandão e ordenar, mediante ameaças de morte, que levasse o rapaz a um hospital. Em seguida, deixaram o comparsa que passava mal no carro do motorista de app e fugiram.

Leia mais: Covid-19: BH registra 24 novas mortes e ultrapassa 21 mil casos

O condutor achou toda a história estranha e preferiu acionar as autoridades. Quando a PM chegou ao local, se deparou com o criminoso desmaiado no banco de trás. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi mobilizado e a equipe constatou o óbito do rapaz ainda no local.

Os policiais ainda conseguiram, após levantamentos, prender um terceiro autor do assalto. Com ele, foram recuperados dois capacetes, um celular e um relógio, além de outro aparelho celular ter sido apreendido. Às autoridades, o ladrão admitiu que o grupo estava há dois fazendo uso de drogas – o que pode ter sido a causa para os comparsas passarem mal.

Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Comentários