Home NotíciasCoronavírusCovid-19 já atinge 92% das cidades mineiras; só 66 escaparam

Covid-19 já atinge 92% das cidades mineiras; só 66 escaparam

secretário adjunto saude marcelo cabral minas gerais

A Covid-19 já está presente em 787 cidades de Minas Gerais, de um total de 853, atingindo 92% dos municípios mineiros. A incidência da doença vem crescendo no interior do estado à medida que mais um fator agrava a situação: a chegada do inverno. O secretário adjunto de Estado de Saúde de Minas Gerais, Marcelo Cabral, alertou, nesta sexta-feira (24), para o aumento da incidência de outras síndromes respiratórias que costumam se agravar neste período do ano.

O secretário adjunto reconheceu o aumento dos casos de Covid-19 nas cidades do interior do estado e afirma que o Governo de Minas já esperava por isso. Ele destaca que, neste momento, qualquer síndrome respiratória “deve ser objeto de atenção e de acompanhamento”, mas ressalta que os problemas podem ser decorrentes da época do ano, e não só da Covid-19.

Leia mais: Jovem morre ao ser arremessada de Hilux em acidente na Grande BH

Números

Minas Gerais registrou um “boom” de casos de Covid-19 de ontem para hoje, registrando 4.244 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela SES-MG hoje, a doença já totaliza 106.812 casos em Minas.

O estado também registrou 77 mortes causadas pela Covid-19 em apenas um dia, totalizando 2.315 mortes em decorrência da doença em Minas Gerais. Ainda segundo a SES, o estado tem 24.741 casos em acompanhamento e já registra 79.756 casos recuperados.

Leia mais: Alunos de baixa renda da UFMG não têm computadores para aulas on-line

Confira a mudança nos números do novo coronavírus no estado, de ontem para hoje, de acordo com dados do boletim epidemiológico desta sexta-feira:

  • 106.812 casos confirmados (aumento de 4,1%)
  • 2.315 mortes confirmadas (aumento de 3,4%)
  • 24.741 casos em acompanhamento (aumento de 2,7%)
  • 79.756 casos recuperados (aumento de 4,6%)

‘Pequenos surtos’

O secretário adjunto de Estado de Saúde de Minas Gerais também reconheceu que os casos da doença em locais como asilos e unidades prisionais estão aumentando no estado. Ele afirma que o Governo de Minas está adotando medidas para o enfrentamento dos “pequenos surtos”.

“A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) faz o monitoramento dos casos de Covid-19 no sistema prisional e vem dialogando com a SES para que nós adotemos medidas para evitar isso. O COE (Centro de Operações de Emergência) também tem notas técnicas e materiais informativos em relação aos asilos, nós fazemos videoconferências, organizamos uma campanha de suspensão de passeios e visitas e temos protocolos de utilização de equipamentos de proteção nesses locais”, afirma Marcelo Cabral.

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerasi) orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários