Home NotíciasBrasilArtistas e jornalistas criam rede de apoio em defesa de Casagrande

Artistas e jornalistas criam rede de apoio em defesa de Casagrande

somos todos casagrande (1)

Artistas e entusiastas do esporte se uniram, nas redes sociais, para criar uma rede de apoio ao ex-jogador e comentarista esportivo Walter Casagrande, que vem sofrendo ataques de defensores de Jair Bolsonaro (sem partido) após assinar um pedido de impeachment contra o presidente e por se posicionar contra ele.

O movimento “342 Artes”, fundado pela produtora Paula Lavigne, articulou, com a organização “Esporte pela Democracia”, um manifesto em defesa de Casagrande. A hashtag #SomosTodosCasagrande está sendo reproduzida no Twitter e o movimento é chamado de “gabinete do amor”, em oposição ao “gabinete do ódio”. 

Leia mais: Ministério da Economia defende fim da meia-entrada nos cinemas

“É apenas por isso que vimos a público para manifestar irrestrita solidariedade a um dos nossos, o companheiro Walter Casagrande, que tem sido atacado por fascistóides nas redes sociais por indivíduos incapazes de conviver com a divergência. Consideramos que o ataque a um de nós atinge a todos e não arredaremos pé das posições que nos trouxeram até aqui. Somos do Gabinete do Amor, não do Ódio. #esportepelademocracia #somostodoscasagrande #342artes #gabinetedoamor”, diz o texto publicado pelo perfil do 342 Artes e do Esporte pela Democracia.

Apoio de colegas

Leia mais: Prefeito recomenda ozônio no ânus contra Covid-19

O comentarista esportivo também recebeu apoio de colegas de profissão, que se manifestaram nas redes sociais. O jornalista José Trajano publicou a hashtag #SomosTodosCasagrande no Twitter e escreveu: “Contra os canalhas que fazem cafajestada contra o querido Casagrande”.

Juca Kfouri, que também é jornalista esportivo, se uniu ao “gabinete do amor” criado pelos dois movimentos e publicou um texto de apoio ao comentarista na coluna que escreve para o UOL. “Nosso querido Casagrande está sendo perseguido nas redes, pelo fato de ser a favor do impeachment e por causa dos seus corajosos posicionamentos contra a volta do futebol durante a pandemia”, escreveu Kfouri.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários