Home NotíciasBHSanta Casa de BH só tem um leito de CTI para Covid-19 disponível

Santa Casa de BH só tem um leito de CTI para Covid-19 disponível

santa casa bh

O aumento dos casos de Covid-19 em Belo Horizonte pressiona o sistema de saúde da cidade e, nesse fim de semana, a Santa Casa de BH voltou a registrar uma ocupação de 100% dos CTIs (Centros de Terapia Intensiva), destinados ao tratamento da doença. Nesta segunda-feira (27), a taxa é de 99%, restando apenas um leito disponível.

De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, a Santa Casa conta com 100 leitos de CTI, 250 leitos de enfermaria adultos e 25 leitos de enfermaria pediátricos, todos destinados ao tratamento da Covid-19. Após atingir ocupação máxima no fim de semana, hoje a instituição tem 99 leitos de CTI ocupados. A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria, hoje, é de 92%.

Leia mais: Quase 4 mil pessoas estavam sem máscaras durante fiscalização em BH

De acordo com o último boletim epidemiológico da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte), divulgado na última sexta-feira (24), a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) totais da capital mineira é de 86%. Os leitos de UTI destinados ao tratamento da Covid-19 em BH registraram uma taxa de ocupação de 89%

Covid-19 em BH

De acordo com o boletim da SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde), Belo Horizonte já registrou 16.778 casos confirmados da Covid-19 e 459 mortes causadas pela enfermidade. Na sexta-feira, a PBH anunciou que o número médio de transmissão por infectado (Rt) voltou a crescer na capital, atingindo 1,02, demonstrando que o número de casos tende a permanecer elevado.

Leia mais: VÍDEO: Prefeito de São João del-Rei diz que reabrirá até prostíbulos

Diante dos indicadores analisados, o termômetro da Covid-19 permaneceu, pela sétima semana consecutiva, no nível de alerta geral vermelho (máximo), o que balizou a decisão da prefeitura por manter a cidade na fase de controle no processo de reabertura do comércio (leia aqui).

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerasi) orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários