Home CarreirasFundação alemã oferece bolsa de estudos de 2 mil euros para brasileiros

Fundação alemã oferece bolsa de estudos de 2 mil euros para brasileiros

alemanha

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, a Fundação Alexander von Humboldt decidiu manter um programa que oferece ótimas oportunidades para jovens brasileiros que querem se especializar no exterior, mas precisam de alguma ajuda para se manter. Trata-se da edição 2020/2021 da Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil, que está com inscrições abertas.  

O programa é uma oportunidade única para jovens talentos brasileiros. Os selecionados recebem um incentivo financeiro para capacitação profissional e pessoal na Alemanha, país detentor de importantes e renomadas universidades, tecnologias e mestres. O projeto conta com o apoio da AHK São Paulo (Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo) e do Consulado Geral da Alemanha em São Paulo. 

Leia mais: Kalil cancela ida a reunião após Zema não confirmar presença

As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes já estão abertas e podem ser feitas pelo site (acesse aqui) até o dia 15 de setembro. Na próxima quarta-feira (5), às 10h, Damian Grasmück, responsável pelo departamento de seleção da Fundação Alexander von Humboldt participará de uma live para dar detalhes sobre esta edição do programa e esclarecer dúvidas sobre o processo seletivo.

Quem pode participar?

O programa é destinado a jovens pesquisadores do Brasil, da China, da Índia, da Rússia e dos Estados Unidos. A iniciativa concede aos futuros líderes a oportunidade de realizarem um projeto de pesquisa sobre questões mundiais como convidados em cooperação com uma instituição-anfitriã da Alemanha.

Leia mais: Até R$ 1,9 mil! PBH contrata técnicos e auxiliares de enfermagem

Com apoio do anfitrião, os bolsistas têm um ano para se concentrarem em seus objetos de estudo, que podem ser de várias áreas, como política, economia, mídia, administração ou cultura.

Formação superior completa e fluência em inglês ou alemão são alguns dos requisitos da bolsa. Outra exigência é a apresentação de uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa, que pode ser de instituição de ensino privada ou pública. A ajuda mensal para os aprovados varia entre 2.170 euros e 2.770 euros, dependendo das qualificações – todos os requisitos podem ser conferidos no site.

Além disso, o projeto conta com o patrocínio da Chanceler da República Federal da Alemanha, possibilitando, assim, a oportunidade única aos bolsistas de apresentarem o resultado de seus projetos pessoalmente a Chanceler Alemã Angela Merkel.

Comentários