Chevrolet S10 muda visual e se conecta ainda mais ao agronegócio

Linha 2021 da S10
Foto: Fábio Gonzales

Como no Onix, a tecnologia do wi-fi nativo é um dos pontos de destaque da linha 2021 da S10. A “nova” pick-up foi apresentada pela General Motors esta semana através de uma “live”. É o novo formato que a indústria adotou neste momento de pandemia.

Nova S10 linha 2021
A nova S10 ganhou wi-fi nativo e sistema de frenagem automática (Foto: Fábio Gonzales)

Principal segmento da economia atualmente, o agronegócio, aliás, é o foco da campanha de lançamento da linha 2021 da S10, que chega ao mercado em dez versões, incluindo as configurações flex e diesel.

Leia também: O teste do Onix Premier

Ao contrário de outros veículos da marca que passaram por reajustes de preços, no caso da S10 apenas as configurações diesel ficarão mais caras: a partir de R$ 169.200,00, cerca de R$ 3 mil a mais que a similar LT anterior. Os modelos flex continuam com os mesmos valores de tabela.

S10 linha 2021
Caçamba da S10 tem caçamba 1.329 litros de capacidade (Foto: Fábio Gonzales) 

Preços e versões

Veja como ficou a composição das versões e seus preços:

  • S10 Advantage 2.5 4×2 câmbio manual: R$ 125.390. Itens: seis airbags, alerta de pressão de pneus, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, faróis de neblina, computador de bordo, capota marítima, rodas de 16 polegadas, direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros elétricos, chave tipo canivete, controle de velocidade de descida, acabamento em tecido, sistema multimídia MyLink 3, 4G a bordo e serviço OnStar; 
  • S10 LT 2.5 4×2 AT e 2.8 4×4 câmbio automático:  R$ 141.990 e R$ 187.590. Itens: Advantage mais alarme, maçanetas na cor do veículo, piloto automático, detalhes em prata no interior, coluna da direção com regulagem de altura, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré;
  • S10 LTZ 2.5 AT (4×2 e 4×4) e 2.8 4×4 câmbio automático: R$ 146.790 e R$ 206.190. Itens: LT mais alerta de colisão frontal com detector de pedestres, alerta de saída de faixa, luz diurna em LED, interior com detalhes cromados, estribos laterais, rack de teto, rodas de 18 polegadas, volante em couro, acendimento automático dos faróis, ar-condicionado automático, retrovisor fotocrômico, retrovisor externo com rebatimento elétrico, partida remota, sensor de chuva, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, MyLink com tela de 8″ com espelhamento sem fio e banco do motorista elétrico; 
  • S10 LS 2.8 4×4 câmbio manual: R$ 169.200. Itens: seis airbags, controles de tração e estabilidade, alerta de pressão dos pneus, rodas de aço de 16 polegadas, assistente de partida em rampas, computador de bordo, ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricos, controle de velocidade de descida e som com Bluetooth e USB;
  • S10 High Country 2.8 4×4 câmbio automático: R$ 212.290. Itens: LTZ mais para-choque dianteiro exclusivo, santantonio exclusivo, acabamento interno em alumínio polido, rodas de 18 polegadas.
S10 linha 2021
Linha 2021 tem pelo menos 10 configurações (Foto: Fábio Gonzales)

Leia também: Strada com cara de Toro

Sinal forte

Para a GM não é porque a S10 atende muito mais ao homem do campo que não aprecia de tecnologia. Pelo contrário, hoje a turma das fazendas está super conectada e adora ferramentas novas, para que seus negócios promissores continuem mais rentáveis ainda.

Daí a ideia de equipar a linha 2021 da pick-up com muitos itens úteis neste sentido. A começar pelo wi-fi nativo, que,a nesta S10, tem sinal até 12 vezes mais estável que o de um smartphone. A empresa garante que ele é capaz de se manter mais tempo conectado à rede 4G, por causa da antena que amplifica o sinal.

O resultado é uma velocidade de transmissão de dados maior, que permite atualizações remotas de sistemas eletrônicos do veículo.  

Leia também: Hilux repaginada

Graças a ela, a pick-up consegue identificar a necessidade de troca de óleo, enviar um alerta para o WhatsApp do proprietário, que também pode iniciar a refrigeração da cabine à distância como forma de experimentar uma das várias funções do novo aplicativo myChevrolet.

O multimídia é de uma nova geração e tem projeção sem fio para Android Auto e Apple Car Play.

Para mesmo

Uma novidade eletrônica importante é o sistema de frenagem autônoma de emergência, oferecido dentro do pacote de segurança que inclui ainda o alerta de colisão frontal, alerta de saída involuntária de faixa e controle eletrônico de estabilidade e tração.

O recurso freia o veículo automaticamente ao identificar uma situação de risco envolvendo o veículo à frente ou um pedestre que esteja cruzando a dianteira.

Leia também: A avaliação da Equinox Midnight 1.5

Ele funciona de 8 km/h a 80 km/h e pode até evitar um acidente. Entra em ação quando percebe que o condutor está distraído ou que o veículo logo à frente realizou uma manobra abrupta.

Câmera ajuda

A S10 utiliza também a câmera deste sistema, localizada no alto do para-brisa, para ajudar o condutor numa frenagem de emergência.

A pick-up também vem com sistema Isofix e Toptether para fixação de cadeirinha infantil nas versões de cabine dupla. No quesito segurança, é bom lembrar que esta linha vem com seis airbags.

A Nova S10 está disponível em três opções de carroceria (cabine dupla, cabine simples e chassis cab), cinco níveis de acabamento (LS, Advantage, LT, LTZ e High Country), duas opções de motorização (2.5 Flex e 2.8 Turbo Diesel), assim como duas opções de transmissão (manual e automático, de seis velocidades) e tração (4×2 e 4×4).

Diesel recalibrado

Na versões flex, é o já conhecido 2.5 litros. Já os modelos a diesel houve uma recalibragem feita para que a pick-up ganhasse mais “poder”. O propulsor ganhou uma nova turbina, a mesma que equipa a Colorado norte-americana. Ela conta com uma estrutura otimizada que deixa as acelerações mais progressivas.

Com isso, a S10 passa a gerar 300 cv de potência e 51 kgfm de torque. A aceleração de 0 a 100 km/h ficou 0,2 segundos mais rápida, e passou para 10,1 segundos na versão automática.

Leia também: Tracker mais conectada

Visual novo

O visual da S10 mudou. Foi um pequeno “tapa”, com destaque maior para a linha High Country, a mais completa da família.

Confira as novidades:

  • Grade toda escura;
  • Nome Chevrolet em alto relevo sobre uma barra central;
  • Gravata dourada deslocada para à esquerda e mais em baixo, sobre uma trama tipo colmeia;
  • Faróis com LED;
  • Para-choques com aplique central em cor diferenciada e uma moldura na parte inferior;
  • Rodas esportivas de aro 18 polegadas, que combinam as bordas; usinadas com o centro e os raios em preto brilhante;
  • Santoantonio envolvente;
  • Amortecedor da tampa traseira.

Ainda este ano, provavelmente no último trimestre, a GM lança a TrailBlazer, utilitário esportivo derivado da pick-up S10. Ambos são produzidos na fábrica da empresa em São José dos Campos (SP).

Texto: Luís Otávio Pires

Acesse: www.aceleraai.com.br

Acelera Ai
Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz