Home NotíciasBHPBH prepara protocolos para reabertura de bares e restaurantes

PBH prepara protocolos para reabertura de bares e restaurantes

Bar e restaurante do Mercado Central de BH

A PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) tem sinalizado aos bares e restaurantes da capital uma possível flexibilização das medidas de contenção à Covid-19 para o retorno do comércio. Representantes do setor apostam em protocolos e estudos produzidos pela gestão municipal, que devem ser lançados na próxima sexta-feira (31), para retomar as atividades.

Os empresários veem como ponto positivo o fato da prefeitura estar mapeando pontos da cidade que podem ser fechados para viabilizar protocolos de distanciamento social.

Leia mais: Covid-19: OMS afirma que talvez nunca exista cura ou vacina

Conforme apurado pelo BHAZ, o estudo está sendo tocado pela secretaria de Políticas Urbanas e pela BHTrans (Empresa de transportes e Trânsito de Belo Horizonte). Procurada, a autarquia que gerencia o trânsito da cidade confirmou a produção do levantamento e disse que “o mapeamento e a análise das vias estão em andamento e, quando concluídos, serão divulgados”, afirmou.

Proposta do Kalil

O fechamento de ruas em BH passou a ser ventilado pela prefeitura após uma reunião do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), com o presidente do Sindhorb (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de BH e Região Metropolitana), Paulo Pedrosa, na semana passada.

Leia mais: Quase 4 mil pessoas estavam sem máscaras durante fiscalização em BH

Pedrosa disse ao BHAZ que o próprio Kalil teria levado a questão ao setor. “A proposta partiu do próprio prefeito e poderá acontecer assim que a flexibilização começar. A ideia é fechar quarteirões de ruas que tenham muitos bares e restaurantes. A BHTrans ficaria responsável pela interdição e isso seria aos sábados e domingos pra gente colocar as mesas e cadeiras”, explicou Pedrosa (relembre aqui).

Expectativa

Quem tem articulado a conversa entre o setor de bares e restaurantes e o Executivo municipal é o vereador Léo Burguês (PSL), que é líder de governo na CMBH (Câmara Municipal de Belo Horizonte). Ao BHAZ, o parlamentar disse que há uma expectativa de novidades para próxima as próximas semanas.

“A gente está com uma expectativa positiva, vamos ter encontros hoje e amanhã com a equipe de governo e, na sexta, apresentaremos plano global que envolva todos os setores. Será um protocolo de reabertura mais abrangente”, afirma o vereador.

O parlamentar garantiu, no entanto, que uma reabertura não deve ocorrer em breve. “No início, a prefeitura apresentou um plano no qual bares e restaurantes não estavam presentes e não havia nenhuma expectativa. Agora, a perspectiva é de que sejam incluídos nesse planejamento de reabertura. É um protocolo de reabertura, não uma ordem para abrir. Mas, nas próxima semana deveremos ter novidades em relação às mesas, fechamentos de ruas e outras coisas”, explica Burguês.

Adiamento

O presidente da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Paulo Solmucci, disse que aguardava um posicionamento da PBH ainda nesta quarta-feira, mas foi comunicado de que somente na sexta haverá um pronunciamento da gestão municipal.

“Esses protocolos seriam lançados hoje, mas a prefeitura decidiu adiar para sexta-feira. Mostra que eles ainda estão meio perdidos em relação ao setor, mas me parece que algo será feito. Não podemos mais bater recorde de portas fechadas. Há um sinal positivo de que estão estudando e avançando nessa questão. Esperamos uma boa novidade em breve”, afirma Paulo.

Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Comentários