Home NotíciasBHIgreja São José reabre as portas para missas presenciais

Igreja São José reabre as portas para missas presenciais

igreja sao josé centro bh

Após mais de quatro meses de celebrações virtuais, transmitidas pelas redes sociais, a Igreja São José reabrirá as portas para os fiéis e já celebrará missas presenciais neste domingo (2). A icônica igreja, que fica na avenida Afonso Pena, entre as ruas Espírito Santo, Tupis e Tamoios, no Centro de Belo Horizonte, definiu protocolos para a retomada das celebrações presenciais.

De acordo com a Paróquia São José, as missas aos domingos serão realizadas às 8h, 10h, 16h e 19h, e já começam a ser celebradas neste domingo. Durante a semana, exceto às terças-feiras, haverá missas às 8h e às 18h. A lotação máxima da igreja, segundo a paróquia, será de 94 pessoas.

Leia mais: Prefeito recomenda ozônio no ânus contra Covid-19

Ainda segundo a Paróquia São José, os interessados em participar da celebração deverão pegar uma senha distribuída no portão do estacionamento da igreja. As regras para as confissões também mudaram: os fiéis só poderão confessar após agendarem o compromisso com a igreja. As confissões ocorrerão às segundas, quartas e sextas.

Decisão divide opiniões

Leia mais: Ministério da Agricultura divulga relatório final das ações na Backer

A decisão da Igreja São José de retomar as celebrações presenciais repercutiu positiva e negativamente entre os fiéis. Alguns ficaram felizes com a notícia de que poderão voltar a acompanhar as missas na igreja. Por outro lado, outros ainda consideram arriscado retomar as atividades em um momento crítico da pandemia de Covid-19 em Belo Horizonte.

“Parabéns à paróquia de São José de BH, sinto falta das missas em minha paróquia nós necessitamos de receber Jesus sacramentalmente, mais uma vez parabéns a paróquia de São José”, comentou um fiel nas redes sociais. “Na minha cidade já voltou à um mês e estou indo muito feliz. Os requisitos de segunda estão sendo seguidos e Graças a Deus está tudo bem”, comentou outra.

Na contramão, muitos comentários de oposição à decisão apareceram. “Não é hora de missas presenciais… estou sentindo muita falta de ir às missas, mas BH está sem leitos de UTI e os casos estão aumentando cada dia mais… vou continuar em casa, me preservando e preservando a minha família”, comentou uma fiel. “

Sinto muita falta, mas acredito que ainda não é o momento visto que estamos num momento muito difícil com um índice muito alto de contaminação! A igreja São José é diferente das demais pelo número de pessoas de várias localidades, e pelo número de idosos que nela trabalham e frequentam. Eu não irei!”, pontuou outra.

Covid-19 em BH

Belo Horizonte tem 19.112 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado ontem pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte). Já foram registrados 482 óbitos em decorrência da doença, e a capital mineira tem 3.189 casos em acompanhamento e 15.441 casos recuperados.

Ainda segundo a PBH, a taxa de ocupação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) destinadas para o tratamento da Covid-19 em BH está em 91%. A taxa de ocupação total de UTIs na cidade é de 87%. Os leitos de enfermaria para o combate à doença têm a taxa de ocupação de 69%.

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários