Home NotíciasBrasilApós campanha, ações da Natura disparam e lideram altas do Ibovespa

Após campanha, ações da Natura disparam e lideram altas do Ibovespa

thammy miranda campanha natura dia dos pais

Um boicote à Natura, proposto após o anúncio de que o influenciador digital Thammy Miranda participaria da campanha de Dia dos Pais da marca de cosméticos, parece ter surtido um efeito contrário. As ações da empresa subiram 6,73% nessa quarta-feira (29) e registraram a maior alta do Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira.

A valorização ocorreu depois de a empresa lançar a campanha do Dia dos Pais, que conta com a participação de Thammy, que é homem transexual. No dia 23 de julho, o pai de Bento publicou por meio do Instagram um vídeo com o filho, revelando a parceria com a marca para a data comemorativa.

Leia mais: Auxílio emergencial pode ser prorrogado até dezembro

Preconceito

A divulgação acabou gerando uma onda de comentários preconceituosos e até um movimento de boicote à marca foi sugerido pelo pastor Silas Malafaia. Depois da polêmica, a própria empresa resolveu se manifestar, reafirmando o compromisso com a diversidade, proposto na campanha.

Em nota enviada ao UOL, a Natura rechaçou o preconceito e exaltou a importância da campanha para quebrar esse pensamento. “A Natura acredita na diversidade. Esse valor está expresso em nossas crenças há mais de vinte anos, estando sempre presente em nossas campanhas publicitárias e projetos patrocinados”, declarou.

Leia mais: Golpistas fingem ser suporte de lojas no Instagram para clonar Whatsapp

‘Boicote’

O pastor Silas Malafaia pediu, no Facebook, que os seguidores boicotassem a marca. “Vamos boicotar a Natura! Coloca uma mulher para fazer papel de homem no dia dos pais. Uma afronta aos valores cristãos. Somos a maioria!”, diz o texto em que o pastor cita a campanha com participação de Thammy.

Assim que a postagem ganhou repercussão, internautas passaram a deixar mensagens a respeito do pedido do pastor. “O quê deveria chocar e ofender a honra dos cristãos são pessoas vivendo nas ruas e a falta de ajuda as viúvas, órfãos e necessitados”, escreveu um homem. “Esse Silas é um desserviço para o evangelho. Usa a influência pra tolices. Quanta tolice!!!! Acho que não conhecemos o mesmo Deus”, disse outro.

“Vou boicotar não. O óleo de amêndoas é uma delícia. Bem explicado no post , valores cristãos que são meus e não da população inteira do Brasil”, escreveu uma terceira mulher. Pastor, Deus nos ensina é a amar, respeitar e orar por todos, principalmente pelos nossos inimigos. Não o ódio, como se tem feito. Essas empresas empregam famílias, elas necessitam do emprego. Pense nisso pastor. Não cabe a nós julgar o próximo”, comentou outra.

Thammy e Gretchen reagem

Logo que Thammy passou a ser alvo de comentários preconceituosos, a mãe dele, Gretchen, usou o Twitter para defendê-lo. “Eu preferi nem escrever, eu preferi gravar um vídeo porque é o seguinte: meu filho foi contratado para fazer campanha de Dia dos Pais porque ele é um pai de verdade”, disse ela em um trecho da gravação publicada no Twitter.

“Porque ele é um pai presente, que sustenta, que ama, que cuida do seu filho, que protege a sua mulher, que está ao lado do filho e da mulher ao mesmo tempo, é um pai de verdade”, continuou Gretchen. “Então vocês que não estão gostando que ele tenha sido contratado para fazer essa campanha de Dia dos Pais, me desculpem, mas eu sei a educação que eu dei para o meu filho e eu sei muito bem que ele é um pai de verdade”, reforçou.

No Instagram, Thammy também fez uma série de vídeos em que fala sobre a situação. Em um deles, ele questiona como as pessoas se sentem em relação a elas mesmas e fala sobre aceitação. Confira:

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários