Home NotíciasInternacionalNorte-americanos recebem sementes misteriosas e governos emitem alertas

Norte-americanos recebem sementes misteriosas e governos emitem alertas

eua sementes

Autoridades de diferentes estados norte-americanos começaram a investigar, nos últimos dias, o recebimento de pacotes não solicitados por parte de moradores de diferentes regiões. Os embrulhos, que contém caracteres em chinês, foram recebidos por dezenas de moradores na Virgina e em Utha. Alguns deles se surpreenderam ao abrir as embalagens.

De acordo com o The Sun, os moradores receberam, dentro dos pacotes, sementes misteriosas e desconhecidas. Na Virginia, por exemplo, o Departamento de Agricultura e Serviços ao Consumidor emitiu um alerta, por meio da imprensa, em que diz que as sementes podem ser prejudiciais.

Leia mais: Homem mata amigo e diz que o confundiu com javali no interior de MG
Divulgação/Washington State Department of Agriculture

“As espécies invasoras causam estragos no meio ambiente, deslocam ou destroem plantas e insetos nativos e danificam severamente as plantações”, explicou o órgão. “Tomar medidas para impedir sua introdução é o método mais eficaz de reduzir o risco de infestações por espécies invasoras e o custo para controlar e mitigar essas infestações”, continua o comunicado.

Além da Virginia, estados como Kansas, Kentucky, Ohio, Carolina do Sul e Washington também emitiram avisos parecidos, informa a CNN. “Hoje recebemos relatos de pessoas recebendo sementes pelo correio da China que não encomendaram”, escreveu o perfil do departamento de Washington no Facebook.

Leia mais: Astronautas da Nasa completam missão no espaço a bordo da SpaceX

Agora, a Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA investigam a origem dos pacotes e o motivo pelo qual eles têm sido enviados. O departamento solicitou que qualquer pessoa que os receba faça contato imediato.

Roberth Costa

Roberth Costa

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal no ano de 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove de Belo Horizonte e tem como foco a editoria de Cidades.

Comentários