Vereadores de cidade mineira aprovam aumento de salários na pandemia

câmara municipal congonhal
Reajuste é válido a partir do próximo ano (Reprodução/Google Street View)

Os vereadores de Congonhal, no Sul de Minas, aprovaram o aumento de 80% nos próprios salários. O reajuste é válido também para prefeito e vice, além de secretários. O presidente da Câmara Municipal informou, ao BHAZ, que a cidade encontrava dificuldades para contratar médicos, pois o salário destes profissionais está acima do teto do prefeito. A votação ocorreu em um grupo de WhatsApp, em meio à pandemia de Covid-19.

“Estamos há 16 anos sem fazer revisão salarial de vereadores. O prefeito está praticamente desde 2012 sem reajuste no subsídio. Isso fez o município encontrar dificuldades para contratar médicos, pois o teto salarial deles é em torno de R$ 11 mil e o do prefeito menos que isso [R$ 8,2 mil]. Tivemos que fazer uma licitação”, explica o vereador Moisés Ferreira Vaz (Republicanos).

O reajuste salarial passará a valer a partir de janeiro de 2021. Os vereadores tiveram 80% de aumento no salário que passará de R$ 1.108 para R$ 2 mil. “Além de aprovar projetos, o vereador tem que determinar coisas para o futuro. Este projeto foi discutido com todos os vereadores, incluindo os da oposição que sugeriram os valores para correção”.

Moisés Vaz destaca que a Câmara Municipal deve ter um dos menores orçamentos do estado. “O orçamento anual é de R$ 500 mil e ao final do ano sempre devolvemos valores à prefeitura. Aqui é uma Câmara enxuta”. O parlamentar conta que a sessão que determinou a aprovação do reajuste aconteceu por meio de um grupo do WhatsApp. “Não temos nem notebook para os vereadores. A sessão foi transmitida numa rádio daqui”, detalha.

Novos valores

O reajuste salarial foi aprovado por todos os nove vereadores de Congonhal. “Um professor do município recebe por volta de R$ 2,5 mil. O vereador está dentro da média, já que hoje o salário é de R$ 1.108 e vai para R$ 2 mil. Os salários estavam desatualizados. O município precisa caminhar”, disse Moisés.

O prefeito Rubens Vilela dos Santos Júnior (PTB) já sancionou a lei que fixa os novos salários. Veja os valores atuais e os que serão pagos a partir de 1º de janeiro de 2021:

  • Prefeito – de R$ 8,2 mil para R$ 12 mil – aumento de 46%
  • Vice-prefeito – de R$ 2.730 para R$ 4 mil – aumento de 46%
  • Secretários Municipais – de R$ 2,1 mil para R$ 3,7 mil – aumento de 76%
  • Vereadores – de R$ 1.108 para R$ 2 mil – aumento de 80%

Covid-19

A cidade de Congonhal, que tem 10.468 habitantes, segundo estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), registra 43 casos confirmados do novo coronavírus, uma morte e 23 diagnósticos suspeitos. “Tivemos um aumento de casos, mas temos feito de tudo para atender a população. Estamos seguindo as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) e acreditamos que com a chegada do verão vai diminuir”, conclui Moisés.

Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.