Felipe Neto e Carla Zambelli protagonizam bate-boca no Twitter

youtuber deputada
Deputada do PSL e youtuber trocaram farpas publicamente (Reprodução/Instagram/@felipeneto + Reprodução/Twitter/@carlazambelli38)

O youtuber Felipe Neto e a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) protagonizaram uma briga pública, por meio do Twitter, neste domingo (2). A discussão teve início depois que a política respondeu uma postagem de Neto em tom provocativo. A partir de então, os dois passaram a trocar mensagens em tom pouco amigável, com direito a ironias.

O youtuber fez uma publicação a respeito da quantidade de “dislikes” recebidos em um vídeo em que aparece com o ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal). “Dislikes ajudam o vídeo. O algoritmo do YouTube interpreta como interação, independentemente de ser like ou dislike”, explicou Neto.

Carla, por sua vez, respondeu em tom provocativo: “Realmente bombou, de deslikes, 10 vezes mais. Você precisa trabalhar sua humildade e perceber que você só agrada as crianças até 12 anos e a extrema esquerda”.

Mais tarde, Felipe Neto voltou ao assunto e rebateu o comentário da deputada. “Oi Ca, é ‘dislikes’. Como você chegou ontem na web, explico: Isso acontece porque nós não temos articulação de direcionamento de ódio em grupos de zap, já quem fomentou os dislikes, sim. Mas não se preocupe, quem mobiliza esses grupos está sendo investiGADO, já já a casa cai, tá? Beijinho”, escreveu.

A parlamentar, por sua vez, usou uma imagem em que aparece entre as pessoas mais influentes nas redes sociais para rebatê-lo. “É, chegar ‘ontem na web’ e já ser uma das mais populares sem mostrar a bunda ou falar de sexo para crianças deve gerar medo em um judiciário que se identifica com seu extremismo à esquerda. Meus sigilos já foram quebrados. Aguardo ansiosa seu machismo cair por terra”, disse.

A discussão, no entanto, não parou. Neto respondeu que a informação está desatualizada: “Putz Ca, acho que você não viu o ranking direito… Ou quis passar vergonha de propósito. Mas me tira uma dúvida aqui, Ca, porque meu advogado tá perguntando, então vejamos se você é mesmo tudo que diz ser: quem fala de sexo pra crianças, Caca?”.

Já a deputada falou o seguinte, junto a um link: “Você afirma: ‘o ideal é que você não assista, ou assista com seu papai ou mamãe. EU SEI QUE VOCÊ NÃO VAI FAZER ISSO, MAS EU PRECISO AVISAR’, somado ao fato de você ter ensinado crianças a mentir idade para assistir seus filmes para maiores de 18”.

Felipe Neto voltou a rebater, dizendo: “Poxa Caca, você deveria ter estudado mais o tema, agora você me obrigou a tomar atitudes sobre suas afirmações descontextualizadas e falsas. Nos vemos em breve, Caca, era só isso que eu precisava. Beijinho”. A deputada não pareceu se intimidar. Ah, Fefê… já enfrentei gângsters e máfias poderosas sem JAMAIS arredar o pé da verdade. Não é um menino mimado que vai me intimidar. Pode bater o pezinho com seu advogado, junte a turma toda, e venha!”, respondeu.

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal no ano de 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove de Belo Horizonte e tem como foco a editoria de Cidades.