Felipe Neto alfineta Globonews durante entrevista para a própria emissora

felipe neto GloboNews entrevista
Felipe Neto durante entrevista para a GloboNews, nesse domingo (Reprodução/Twitter)

O influenciador digital Felipe Neto concedeu uma entrevista para a GloboNews nesse domingo (2), criticou a própria emissora e também a CNN Brasil. Segundo o youtuber, o canal de notícias do Grupo Globo ajudou a “validar” a posição de “negacionistas da pandemia e negacionistas da necessidade de isolamento social”.

Durante a entrevista, o youtuber fez menção do deputado Osmar Terra (MDB-RS). “Uma pessoa que já veio aqui na GloboNews, inclusive, que eu critiquei abertamente por ter sido convidada e que aparece também em outros canais o tempo inteiro. Toda semana ele fala que a próxima semana é o fim constatado da pandemia. Ele está falando isso desde março. Falou que iam morrer mil pessoas e continua até hoje arrotando que está certo em relação à pandemia”, disse.

Críticas à CNN Brasil

Felipe Neto foi ainda mais incisivo nas críticas à CNN Brasil, que é rival da emissora global. A jornalista Cristian Lôbo questionou se ela toparia discutir o projeto das fake nerws, que está sendo debatido no Congresso, com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Eu não me sentaria da mesma forma que eu não aceito aparecer na CNN Brasil pela mesma razão”, disparou.

“A gente está vivendo hoje no Brasil um momento de validação do negacionismo, a validação do obscurantismo, a validação de pessoas e ideias que sempre ficaram no esgoto da opinião pública. E que, de repente, saíram dos esgotos, como ratos pela cidade, de uma forma tão violenta e grotesca, que saíram contaminando todo mundo”, prosseguiu o influenciador digital.

Para Felipe, os veículos de comunicação devem fazer um contraponto mais forte a pessoas que espalham informações falsas. “E aqui não estou falando de opiniões divergentes, estou falando de negacionistas científicos, péssimos revisionistas históricos, pessoas que intencionalmente deturpam, manipulam e negam o que a ciência diz para tentar vender uma ideologia”.

“Sentar com essas pessoas, pra mim, é validá-las. E eu não posso fazer isso. Eu não me sentaria com esses indivíduos, principalmente desses blogs, que fazem parte deste esquema de articulação da extrema direita, que ajudam a disseminar o tempo inteiro notícias mentirosas e estão sendo alvo de investigações”, relatou o youtuber.

Em determinado momento da entrevista, ele se dirigiu aos jornalistas presentes e fez um apelo. “É papel do jornalismo negar. Eu levanto essa necessidade, pedindo para os bons jornalistas, que vocês são, quando encontrarem essas pessoas, essas opiniões, que as neguem e que mostrem a verdade de imediato”.

Para completar, Neto ainda citou um caso de uma âncora da CNN norte-americana que interrompeu um assessor de Donald Trump que insistia em defender o hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. “Você está prestando um desserviço real aos americanos”, disse a jornalista, que encerrou a entrevista.

Osmar Terra rebate

No fim da manhã desta segunda-feira (3), Osmar Terra rebateu as críticas de Felipe Neto. “Felipe Neto me atacou na Globonews.Estamos vivendo um período em que a opinião de youtubers como @felipeneto tem mais importância que a de cientistas e médicos.Nenhum problema da mídia de ouví-los. O curioso é eles quererem censurar quem pensa o contrário”.

Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva da UOL.