Motociclista salvou namorada antes de morrer em engavetamento trágico

acidente motociclista
Guilherme retirou a namorada debaixo de um carro antes de ser atropelado (Arquivo Pessoal/Reprodução + WhatsApp/Reprodução)

O motociclista Guilherme Henrique Ribas de Oliveira, de 28 anos, foi uma das oito pessoas que morreram em um engavetamento de 22 veículos registrado na região metropolitana de Curitiba. Momentos antes de ser atingido por uma carreta, ele conseguiu resgatar a namorada embaixo de um carro e salvá-la. A irmã do jovem, Drieli Ribas Linhares, confirmou o ocorrido em seu perfil no Facebook.

O acidente registrado na BR-277 durante a madrugada de segunda-feira (3) repercutiu nacionalmente. Guilherme estava com a namorada em uma moto quando começou a série de colisões na rodovia. Eles foram atingidos por um carro.

A namorada ficou presa embaixo do automóvel, segundo relato de sobreviventes às famílias das vítimas. Guilherme conseguiu retirá-la do local e, logo em seguida, foi atingido por uma carreta. Ele morreu na hora.

“Meu irmão, de ti só quero boas lembranças, você se foi fazendo algo bom, salvando a vida de alguém. E você era assim, sempre teve um coração enorme. Eu te amo, meu irmão, te amo infinitamente. Não sei por que Deus quis te levar para perto dele, não entendemos os seus planos”, escreveu Drieli no Facebook.

A namorada de Guilherme foi internada e, até a noite de segunda-feira, ainda não havia sido informada sobre a morte dele. O velório e o enterro do jovem ocorrerá na manhã desta terça-feira (4).