Prefeito recomenda ozônio no ânus contra Covid-19

Volnei Morastoni prefeito itajai
Político também é médico homeopata e defende cloroquina contra a Covid-19 (Reprodução/@dimitriusOG/Twitter)

Aplicação retal de ozônio para combater o novo coronavírus é parte do tratamento que passará a ser adotado para pacientes de Covid-19 em Itajaí, Santa Catarina. A novidade foi anunciada pelo prefeito Volnei Morastoni (MDB-SC) em publicação no Facebook, nessa segunda-feira (3). No vídeo, o chefe do executivo garante que a aplicação é “tranquilíssima” e também sugere soluções homeopáticas contra a doença.

A aposta no ozônio é mais uma sem comprovação científica de eficáciaa ser usada no município de Itajaí. Ao todo, a cidade já acumula 102 mortes causadas pela Covid-19. O prefeito afirmou que será montado um laboratório de ozônio na cidade para atender aos casos sintomáticos, que deverão fazer dez sessões do tratamento.

“Além da azitromicina, além da cânfora, nós também vamos oferecer o ozônio. É uma aplicação simples, rápida, de dois ou três minutinhos por dia, provavelmente via retal, tranquilíssima, rapidíssima, em um cateter fininho, e isso dá um resultado excelente”, detalhou o prefeito.

Na contramão da ciência

Esta não é a primeira vez que Morastoni sugere soluções sem eficácia comprovada contra a Covid-19. O prefeito, que também é médico, é um defensor da cloroquina e da ivermectina no tratamento da doença. Os dois medicamentos já foram descartados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como soluções eficazes no combate ao coronavírus.

Na publicação dessa segunda-feira (3), o prefeito também relatou que a cânfora também voltará a ser distribuída. Em março, Morastoni já havia causado polêmica com a sugestão homeopática que seria aplicada em toda a população. A forma dessa distribuição, que seria com um conta-gotas, diretamente na boca das pessoas foi questionada pelo Ministério Público, por poder contribuir na disseminação do vírus. Posteriormente, a cidade retomou a distribuição da substância em frascos.

Guilherme Gurgel
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.