Youtuber Gabriel Monteiro é expulso da PM por deserção

Gabriel Monteiro
O youtuber Gabriel Monteiro foi excluído dos quadros da PM (Reprodução/Twitter/Gabriel Monteiro)

Envolvido em polêmicas, o youtuber do MBL (Movimento Brasil Livre) Gabriel Monteiro foi expulso da PMERJ (Polícia Militar do Rio de Janeiro) por deserção. Ele teria faltado ao serviço por mais de oito dias sem dar satisfações, o que causou o processo de exclusão dos quadros da PM.

Pelas redes socias, Gabriel negou a deserção e disse que acionaria o MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) no caso. A expulsão do youtuber foi publicada no Boletim da PM dessa terça-feira (4).

De acordo com o jornal Extra, Gabriel era lotado no 34º BPM, na cidade de Magé, e faltou ao serviço no dia 22 de julho deste ano. Ainda segundo o noticiário, ele permaneceu até o dia 31 sem dar satisfações, o que configura o crime de deserção, previsto no artigo 187 do Código Penal Militar.

Na noite dessa terça, Gabriel postou uma mensagem para seus seguidores: “Não se esqueçam. Deus está comigo contra os corruptos. Aguardem, e verão. Servir e proteger”, escreveu.

Na manhã desta quarta (5), ele negou que tenha abandonado o serviço e disse que flagrou uma confissão de um oficial de que ele estaria liberado do trabalho. “Acabei de flagrar t.coronel (sic.) da PM confessando que eu estava liberado do serviço. Não desertei, abandonei, larguei. MP está sendo acionado. Os coronéis terão que se explicar. Está tudo no vídeo que sairá daqui a pouco no Youtube”, afirmou.

Gabriel Monteiro está envolvido em outras polêmicas além da expulsão dos quadros da PM. No ano passado, Gabriel agrediu um jovem, durante um protesto por conta da morte da menina Ágatha Vitória, de oito anos, assassinada por um disparo policial, em uma operação, na Zona Norte do Rio de Janeiro (relembre aqui).

Ele também responde a outros processos internos na PM do Rio, um deles por atacar um atacar um coronel. A própria PM já usou o Twitter para justificar o processo. Segundo a corporação, Gabriel Monteiro já respondeu a mais de 70 faltas disciplinares, tem o comportamento classificado como mau e possui 16 punições em sua ficha (veja aqui).

Rafael D'Oliveira
Rafael D'Oliveirarafael.doliveira@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.