Minas tem 4 mil casos de Covid-19 em 24h e Dia dos Pais acende alerta

Aglomeração no centro de BH
Secretaria pede atenção ao Dia dos Pais (Moisés Teodoro/BHAZ)

Minas Gerais registrou mais de 4,4 mil novos infectados pelo novo coronavírus nas últimas 24h, de acordo com dados do boletim epidemiológico da SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais). O alto número próximo ao Dia dos Pais preocupa o órgão, que pede prudência nos encontros familiares do próximo domingo (9).

Além da alta no número de novos casos, Minas também registrou 77 mortes em apenas um dia, chegando a 3.381 óbitos acumulados em todo o estado, desde o início da pandemia.

Durante coletiva na tarde desta sexta-feira (7), na Cidade Administrativa, o secretário adjunto de saúde, Marcelo Cabral, cobrou atenção para a data do fim de semana.

“Precisamos manter toda a atenção ao distanciamento, uso de máscara e higiene. Tudo que sociedade aprendeu até o momento. Chamamos a atenção para pais mais idosos que, eventualmente, se tenha uma preocupação com a aproximação. É evidentemente que é uma data de aproximação. Mas, se possível for, tentem repensar essa aproximação levando em consideração momento que estamos vivendo”, destacou o secretário.

Números

Em relação ao boletim desta sexta-feira, confira o que mudou nos números da Covid-19 no estado:

  • 147.323 casos confirmados (aumento de 3,1%)
  • 3.381 mortes (aumento de 2,3%)
  • 28.360 casos em acompanhamento (aumento de 2,2%)
  • 115.582 casos recuperados (aumento de 3,3%).

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Rafael D'Oliveira
Rafael D'Oliveirarafael.doliveira@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.