Casal é filmado atirando contra homem e passando o carro sobre ele

Assassinato cruel foi registrado por uma câmera de segurança (Reprodução/WhatsApp)

A PM prendeu, neste domingo (9), três homens, de 24, 37 e 21 anos, e apreendeu uma adolescente, de 16 anos, suspeitos de envolvimento no assassinato de um homem de 34 anos, no bairro Califórnia, na região Noroeste de Belo Horizonte, nesse sábado (8).

O crime bárbaro foi registrado por uma câmera de segurança de uma empresa próxima ao local. Nas imagens, é possível ver o momento em que o carro para em uma rua, um casal desce do veículo e retira um homem do porta-malas. Em seguida, o motorista faz três disparos à queima-roupa contra a vítima, e entrega a arma para a companheira, que também faz três disparos.

Na sequência, o casal entra novamente no carro. O motorista dá ré, e passa com o veículo sobre parte do corpo da vítima. Depois, o condutor avança, atropela o homem novamente e foge.

Prisão dos suspeitos

Segundo a PM, após uma denúncia anônima, os militares chegaram até o endereço do proprietário do veículo, um Cobat de cor prata. O homem disse que é motorista de aplicativo e que não participou do homicídio, mas que conhecia o autor, porque já fez corridas para ele.

O homem disse, ainda, que emprestou o carro para o criminoso, que o orientou a registrar uma ocorrência de furto do veículo para não levantar suspeitas do crime. Ele informou aos militares o endereço do autor.

Em uma casa do bairro Jardim Vera Cruz, em Contagem, na região metropolitana de BH, os policiais prenderam o suspeito. Lá, os militares também encontraram a adolescente, que tem as mesmas características da pessoa que aparece no vídeo, e os documentos do veículo.

O crime

O suspeito disse que sequestrou a vítima na casa dele, no bairro Cabana do Pai Tomáz, e o matou por causa de uma dívida de cerca de R$ 8 mil. Ele também revelou aos militares que, após o crime, levou a adolescente em casa e deixou o carro em um lava-jato.

Por lá, os policiais encontraram uma munição calibre 38 e R$ 2.042 em dinheiro. O carro foi removido e levado para o Detran, a munição e o dinheiro foram apreendidos, e os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Contagem.