Polícia cumpre mandados em gabinete de vereador na CMBH

Câmara Municipal de Belo Horizonte
Operação foi realizada na Câmara Municipal de Belo Horizonte (Moisés Teodoro/BHAZ)

A Polícia Civil apreendeu 10 computadores em uma operação de busca e apreensão realizada no gabinete do vereador Ronaldo Batista (PSC), na CMBH (Câmara Municipal de Belo Horizonte), na manhã desta sexta-feira (21). De acordo com a polícia, a ação é a continuidade da investigação de um crime de homicídio, cujo inquérito está sob segredo de justiça.

Ainda de acordo com a corporação, a operação ainda está em andamento e mobiliza 200 agentes, 50 viaturas e, inclusive, apoio aéreo. O objetivo é o cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão e oito mandados de prisão, em Belo Horizonte e região metropolitana.

O BHAZ tentou contato com o vereador e ainda aguarda uma resposta. Caso o parlamentar se posicione, esta matéria será atualizada. Também procurada, a CMBH disse ainda não ter um posicionamento sobre o ocorrido.

Ronaldo Batista é ex-presidente do STTR-BH (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e Região) e membro da CNTTT (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte Terrestre). Ele assumiu o mandato na CMBH em 2019 como suplente de Cláudio Duarte (PSL), que foi cassado.

Rafael D'Oliveira
Rafael D'Oliveirarafael.doliveira@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.