Storm, a Ranger para quem curte aventura fora do asfalto

Para quem quer uma picape com um visual mais descolado e capaz de encarar com desenvoltura aquelas estradas de terra com pisos bem ruins, essa versão aventureira da Ranger é uma boa opção. A tração 4×4, a boa altura do solo, os pneus de uso misto, diferencial traseiro blocante e os bons ângulos de entrada e saída formam um pacote ideal para encarar esses trechos. O bom torque em baixas rotações do motor 3.2 a diesel, que trabalha bem afinado com o câmbio automático de seis marchas, ajuda nessa tarefa. Por outro lado, a lista de itens de série não inclui Isofix para fixar cadeiras infantis e nem protetores do vidro traseiro e da caçamba.

Foto: Eduardo Aquino

O visual da versão aventureira da Ranger inclui nova grade dianteira com a assinatura Storm, adesivos com grafismos no capô e nas laterais, faróis e lanternas escurecidas, estribos laterais e rodas de liga, santantônio, coberturas dos para-lamas, maçanetas, retrovisores e molduras na cor preta.

Por dentro, o acabamento é simples, mas de boa qualidade. Os bancos são revestidos em tecido que combinam com aventuras e com o nosso clima tropical.

Leia também: Novo Peugeot 208

Foto: Eduardo Aquino

Em termos de conforto, o espaço interno acomoda bem cinco adultos e o ar-condicionado digital de duas zonas é eficiente quando se precisa trafegar na poeira num dia quente com os vidros fechados.

Multimídia SYNC 3

Destaque também para o volante multifuncional, que abriga comandos do som, do computador de bordo, entre outros; para o quadro de instrumentos configurável com duas telas de 4,2 polegadas e para a central multimídia SYNC 3 com tela de oito polegadas.

Leia também: Teste do Tracker Premier 1.2

Foto: Eduardo Aquino

O pacote de segurança da Ranger Storm é um ponto positivo, incluindo sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, controle de oscilação de reboque e assistência de frenagem de emergência.

Falta Isofix

Mas deixa de fora o sistema para fixar cadeiras infantis (Isofix) e a proteção do vidro traseiro, que serve para impedir a entrada de objetos que estejam na carroceria em virtude de uma batida ou mesmo de uma freada forte.

Leia também: Do virtual para o real

Foto: Eduardo Aquino

Também falta protetor de caçamba para evitar danos no transporte de carga (a capacidade é de 1.040 quilos).

Motor eficiente

A versão aventureira é equipada com o eficiente motor 3.2 a diesel, que tem um abundante torque em baixa, dando muita agilidade para a picape tanto no asfalto quanto fora dele.

Foto: Eduardo Aquino

O câmbio automático de seis velocidades apresenta trocas suaves e tem opção de trocas manuais na alavanca de marchas e opção “S” de mudanças mais esportivas. A tração 4×4 é engata por meio de um botão seletor próximo à alavanca de marchas.

Leia também: Teste do Ford Territory Titanium

Foto: Eduardo Aquino

Com pacote aventureiro (já mencionado no início, com tração 4×4, pneus de uso misto, altura do solo etc.), a Ranger Storm se sai muito bem em trechos de terrenos ruins. A assistência elétrica da direção também está bem calibrada.

Conforto

O conforto não é uma prioridade dessa versão aventureira, mas a suspensão não prejudica muito o conforto quando a picape roda vazia sobre pisos irregulares. A estabilidade é como a de outras picapes, ou seja, exige um certo cuidado naquelas curvas mais fechadas e de piso irregular.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, longitudinal, cinco cilindros em linha, 3.198cm³ de cilindrada, 20V, a diesel, que gera potência de 200cv a 3.000rpm e torque de 47,9kgfm entre 1.750 e 2.500rpm

Transmissão – Tração 4×4 com câmbio automático de seis marchas

Direção – Assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, com molas helicoidais; e traseira, eixo rígido com feixe de molas longitudinais

Dimensões – Comprimento, 5,35m; largura, 1,97m; altura, 1,82m; e entre-eixos, 3,22m

Freios – Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga de 17 polegadas, calçadas com pneus 265/65 R17

Altura livre do solo – 232mm

Ângulos de entrada e saída – 28° e 27°, respectivamente

Volume da caçamba – 1.180 litros

Capacidade de carga – 1.040 quilos

Tanque de combustível – 80 litros

Peso (em ordem de marcha) – 2.230 quilos

Foto: Eduardo Aquino

Principais equipamentos – Estribos tipo plataforma, santantônio, rodas de liga de 17 polegadas, controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, controle de oscilação de reboque, assistência de frenagem de emergência, luzes de emergência em frenagens bruscas, direção elétrica, ar-condicionado automático e digital de duas zonas, sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), central multimídia SYNC com tela de oito polegadas, comandos de voz e conexão para Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, controle automático e velocidade, computador de bordo e faróis de neblina.

Preços – R$ 174.890. Com pintura perolizada, R$ 176.640.

Acelera Ai
Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários