Parrerito, voz principal do Trio Parada Dura, morre de Covid-19 em BH

Foto do cantor Parrerito
Parrerito morreu ontem em BH (Reprodução/@trioparadadura/Instagram)

O cantor Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, morreu ontem (13) vítima da Covid-19, em Belo Horizonte. O artista era conhecido como a voz principal do Trio Parada Dura, e faleceu por volta das 22h, devido às complicações da enfermidade. Ele estava internado há 16 dias no Hospital da Unimed, conforme a equipe Parada Dura.

Em estado grave, Borges precisou ser levado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ele pertencia ao grupo de risco por ser diabético. “Batalhou muito, mas infelizmente não resistiu às complicações da doença. Familiares e a equipe Trio Parada Dura agradecem todas as correntes de orações e fé formadas durante a luta de Parrerito pela vida. Elas mostraram o quanto ele era tão querido e estimado por todos. E é desta forma que vamos sempre lembrar dele”, lamentou a equipe nas redes sociais.

Os amigos e colegas de trabalho ainda desejaram paz ao companheiro. “Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja. Parrerito deixa mulher, filhas e netas que eram sua grande paixão. Vai com Deus, Parrerito! Sentiremos muito sua falta”, postou a equipe (Veja a nota na íntegra abaixo).

View this post on Instagram

COMUNICADO – PARRERITO É com muita tristeza e o coração apertado que informamos o falecimento do cantor Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, neste domingo, 13 de setembro, em Belo Horizonte (MG). Voz principal do Trio Parada Dura, Parrerito morreu por volta das 22h após complicações causadas pela Covid-19. Parrerito foi internado há 16 dias no Hospital Unimed, em Belo Horizonte (MG), com sintomas do novo coronavírus e, por ser do grupo de risco pela idade e diabético, precisou ser mantido na UTI em estado grave. Batalhou muito, mas infelizmente não resistiu às complicações da doença. Familiares e a equipe Trio Parada Dura agradecem todas as correntes de orações e fé formadas durante a luta de Parrerito pela vida. Elas mostraram o quanto ele era tão querido e estimado por todos. E é desta forma que vamos sempre lembrar dele. Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja. Parrerito deixa mulher, filhas e netas que eram sua grande paixão. Vai com Deus, Parrerito! Sentiremos muito sua falta. Att. Equipe Trio Parada Dura

A post shared by Trio Parada Dura (@trioparadadura) on

Esperança

Há dois dias, a equipe Parada Dura informou que o cantor estava apresentando melhoras e pediu orações. Ele ainda estava na UTI, mas o quadro era “estável e favorável”. No entanto, ele voltou a piorar, e não resistiu.

“Desta forma, a família e a equipe Trio Parada Dura pedem que continuem em oração e em corrente positiva e de esperança para a rápida recuperação do Parrerito. Aproveitam também para estender orações e pensamentos de cura para todos aqueles que também estão passando por essa doença, e agradecer à equipe médica que está acompanhando Parrerito nessa luta contra a Covid-19”.

Carinho nas redes

Fãs anônimos e famosos manifestam diversas homenagens nas redes sociais. O cantor Leonardo agradeceu a companhia do amigo. “Tenho tantas histórias pra contar de você, meu amigo do peito. Obrigado por tudo que fez por mim e meu eterno irmão Leandro. Principalmente por nossa música sertaneja ! Descanse em paz”, escreveu.

Gusttavo Lima também prestou sua homenagem. “Que Deus o tenha… Descanse em paz grande Parrerito!!”.

Nota de pesar

“É com muita tristeza e o coração apertado que informamos o falecimento do cantor Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, neste domingo, 13 de setembro, em Belo Horizonte (MG). Voz principal do Trio Parada Dura, Parrerito morreu por volta das 22h após complicações causadas pela Covid-19”.

“Parrerito foi internado há 16 dias no Hospital Unimed, em Belo Horizonte (MG), com sintomas do novo coronavírus e, por ser do grupo de risco pela idade e diabético, precisou ser mantido na UTI em estado grave. Batalhou muito, mas infelizmente não resistiu às complicações da doença.
Familiares e a equipe Trio Parada Dura agradecem todas as correntes de orações e fé formadas durante a luta de Parrerito pela vida. Elas mostraram o quanto ele era tão querido e estimado por todos. E é desta forma que vamos sempre lembrar dele”.


“Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja. Parrerito deixa mulher, filhas e netas que eram sua grande paixão. Vai com Deus, Parrerito! Sentiremos muito sua falta”.

Edição: Aline Diniz
Aline Diniz
Aline Dinizaline.diniz@bhaz.com.br

Editora do BHAZ desde janeiro de 2020. Jornalista diplomada pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) há 10 anos e com experiência focada principalmente na editoria de Cidades, incluindo atuação nas coberturas das tragédias da Vale em Brumadinho e Mariana. Já teve passagens por assessorias de imprensa, rádio e portais.

Comentários