Passageiro é expulso de avião por xingar funcionário de ‘viadinho de bosta’

Agentes da polícia dentro de avião
Passageiro é expulso de avião por xingar comissário de “viadinho de bosta” (Reprodução/Twitter)

Mais um caso lamentável de homofobia. Desta vez a agressão verbal foi dentro de um avião, da companhia Latam, em São Paulo, nessa segunda-feira (14). O comissário do voo LA333, que fazia o trecho São Paulo/Fortaleza foi xingado por um cliente de “viadinho de bosta”. A Polícia Federal foi acionada e o passageiro retirado da aeronave.

O caso aconteceu depois que o comissário de bordo pediu que o cliente levantasse o encosto do assento porque o avião ia decolar. O passageiro que estava dormindo não gostou de ser incomodado e xingou o funcionário da companhia aérea. O chefe dos comissários foi chamado e também ofendido pelo mesmo homem de “outro bosta” quando pediu esclarecimentos sobre a agressão verbal.

No Twitter, a Latam esclareceu o fato dizendo que repudia qualquer tipo de ofensa. “Esclarecemos que foi solicitado o apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza) da manhã de hoje (14) em função de comportamento indisciplinado. Repudiamos veementemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa. Estamos à disposição”, declarou a empresa. A resposta da companhia aérea rendeu muitos comentários que aprovaram a atitude da empresa.

Edição: Marcela Gonzaga
Camila Saraiva
Camila Saraivacamila.saraiva@bhaz.com.br

Jornalista formada pela PUC-Minas em 2015. Pós-graduada em Jornalismo em Ambientes Digitais pelo Centro Universitário UniBH em 2019.

Comentários