Torcida do Cruzeiro ignora pandemia e faz convocação para manifestação

cruzeiro torcida mineirão
Torcida diz que vai apoiar e cobrar o time (FOTO ILUSTRATIVA: Bruno Haddad/Cruzeiro)

O Cruzeiro entra em campo amanhã (25) em busca da reabilitação na Série B, do Campeonato Brasileiro. A partida será contra o Avaí. Antes da bola rolar no Mineirão, acontecerá uma manifestação de apoio e também de cobrança organizada pela torcida celeste. Pelas redes sociais, circula uma mensagem na qual os torcedores são “convocados” a participarem, mesmo em meio a pandemia do novo coronavírus.

A “convocação” não tem assinatura de nenhuma torcida organizada do clube. “O resultado precisa vir e não podemos mais medir nenhum tipo de esforço”, diz um trecho da mensagem. Pede-se ainda que os torcedores levem “sinalizadores, fumaça azul, bandeiras e tudo mais que for necessário”.

“Será uma maneira de motivar um elenco, em sua maioria jovem, para mais uma partida de suma importância para o clube”, explica a mensagem. O Cruzeiro ocupa a 15ª posição na tabela de classificação e tem 8 pontos, a mesma pontuação do Guarani, primeiro time na zona de rebaixamento à Série C. O clube mineiro começou a competição com saldo negativo de seis pontos devido à uma punição.

convocação torcida cruzeiro
Mensagem circula pelas redes sociais convocando torcedor (Reprodução/WhatsApp)

E a pandemia?

Nem mesmo a pandemia do novo coronavírus, que já matou 1,2 mil pessoas e contaminou mais de 41 mil na capital mineira, intimidou os organizadores. “Distância, carona, família, Covid e etc, nada mais pode ser desculpa. É a sobrevivência do nosso clube que está em jogo”, afirma outro trecho da mensagem.

O que diz e infectologista?

O médico infectologista Leandro Curi destaca que o momento não é de manifestações. “As pessoas apaixonadas por times perdem a razão. Neste momento, temos que ser racionais e não podemos pautar as atitudes por ideologias”, afirma.

Outro ponto levantado pelo especialista é com relação ao cumprimento das medidas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus. “Duvido que vão entoar cânticos usando máscara, por exemplo. Tem que pensar no custo benefício e que existe um amanhã para zelar”.

O BHAZ entrou em contato com algumas torcidas organizadas do clube azul. Os entrevistados confirmaram o ato, mas disseram não saber quem é o responsável pela organização. O Cruzeiro também foi procurado pela reportagem, mas, até o fechamento desta matéria, o clube não havia respondido à demanda. Tão logo chegue o posicionamento, a matéria será atualizada.

O que diz a Guarda Municipal?

A Guarda Municipal de Belo Horizonte afirmou que acompanha manifestações e orienta com relação ao perigo de aglomerações em tempos de pandemia. Veja a nota na íntegra.

A atuação da Guarda Municipal durante manifestações populares tem como foco, sobretudo, o cumprimento de seu papel no policiamento preventivo, voltado para a garantia de segurança da população.

Os agentes têm como prioridade orientar os participantes quanto aos riscos de aglomerações em decorrência da pandemia, destacando a importância do distanciamento e do uso de máscaras.

E também visa garantir o cumprimento das leis de trânsito, impedindo a obstrução de vias públicas, para garantir a fluidez do trânsito e não comprometer o funcionamento da cidade”.

Edição: Aline Diniz
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários