Confira como foi o teste do VW Nivus 200TSI na versão Comfortline

Andamos na opção mais “barata” do crossover derivado do Polo, que tem o mesmo conjunto motor/câmbio da versão mais cara (a Highline): o 200TSI, de 128cv, que está acoplado ao câmbio automático e seis velocidades, que é eficiente em performance e economia de combustível. Os outros pontos positivos de destaque são o design, já que a traseira estilo fastback deixa o Nivus mais alegante; o bom nível dos equipamentos de segurança (embora o controle automático de velocidade adaptativo, o grande destaque tecnológico, seja item opcional) e de conforto e o espaço interno, incluindo o porta-malas, já que a tampa maior melhora bem o acesso.

Foto: Eduardo Aquino

A traseira em estilo fastback deu um charme especial ao Nivus, cujo design foi elogiado por todas as pessoas que conversamos e que viram de perto o carro. Elas destacaram que o visual tem uma mistura de elegância e esportividade.

Luzes diurnas

Na frente, a grade, que é “cortada” por uma barra cromada, que abriga o símbolo da marca, se destaca e integra de forma bem harmoniosa aos faróis e luzes diurnas em LED. O capô lembra um pouco o do Polo.

Leia mais: Hidrogênio é o futuro

Foto: Eduardo Aquino

De perfil, as linhas lembram as de um cupê. Também chamam a atenção as coberturas plásticas dos para-lamas e soleiras (recurso bastante usado nas versões aventureiras), as barras no teto e as colunas centrais, todas na cor preta, além das rodas de liga de 16 polegadas com bonito desenho.

Leia mais: Onix vestido para arrasar

Na traseira, as lanternas têm clara inspiração nas do T-Cross e são unidas e emolduradas por um elemento de estilo na cor preta que dão uma boa pitada de esportividade. Também são destaques o defletor de ar no alto da tampa traseira e o para-choque na cor preta.

Bancos em tecido

Por dentro, o acabamento não chega a encher os olhos. Os bancos são confortáveis e forrados em tecido de toque macio e compatível com o nosso clima tropical. A posição de dirigir é boa e o volante abriga os comandos básicos.

Foto: Eduardo Aquino

O espaço acomoda bem quatro adultos e uma criança, mas as pessoas de maior estatura não gostaram do acesso e nem do espaço no banco traseiro. O porta-malas tem boa capacidade (415 litros), mas o destaque é o amplo acesso devido à abertura da tampa traseira. Destaque negativo para o acabamento do lado interno da tampa.

Alta resolução

No painel, se destaca a tela de 10 polegadas de alta resolução e sensível do sistema multimídia, que se integra de forma harmônica com o quadro de instrumentos analógico, que tem boa visualização.

Leia mais: Teste do Fiat Cronos Drive 1.8

Foto: Eduardo Aquino

Destaque para a conectividade do Nivus Comfortline, já que os ocupantes podem ter acesso à internet pelo celular, ao manual cognitivo, ao aplicativo “Meu VW” (que faz, entre outros, agendamentos de revisões) e à loja virtual VW Play Apps, com diversos aplicativos disponíveis.

Leia mais: Bons sinais do mercado

Os pacotes de série de conforto e segurança incluem saída do ar-condicionado para os ocupantes do banco traseiro, controle automático de velocidade, os seis airbags (frontais, laterais e de cortina), o sistema Isofix para fixar cadeiras infantis e controles de tração e estabilidade.

Destaques tecnológicos

Mas os destaques tecnológicos são os sistemas de controle adaptativo de distância e velocidade com função de frenagem de emergência e monitoramento frontal e o autônomo de frenagem de emergência anti- colisão frontal até 50 km/h, que fazem parte de um pacote de opcionais, que aumenta o preço em R$ 3.520,00.

Foto: Eduardo Aquino

O motor 1.0 turbo é suficiente para garantir um bom desempenho do Nivus, com boas arrancadas e retomadas de velocidade, garantindo agilidade no trânsito urbano e segurança nas ultrapassagens em estradas; e com um consumo bem razoável (média de 7,0km/l na cidade e de 10,8km/l na estrada com etanol).

Leia mais: Teste da Ford Ranger Storm

O câmbio automático de seis marchas é eficiente e em funcionamento suave, mas as mudanças são mais ágeis com as trocas manuais.

Foto: Eduardo Aquino

Altura elevada

Embora não seja voltada para um desempenho esportivo, a suspensão consegue equilibrar conforto e estabilidade. A altura mais elevada ajuda um pouco nas estradas de piso ruim.

Leia mais: Novo Peugeot 208

O volante tem boa pega e a coluna de direção ajusta em altura e distância, mas a assistência elétrica poderia ter um pouco mais de “peso” nas velocidades mais elevadas.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

  • Motor – Dianteiro, três cilindros em linha, 999cm³ de cilindrada, turbo, flex, que gera potências de 116cv (gasolina) e de 128cv (etanol) a 5.500rpm e torques de 20,4kgfm (gasolina/etanol) de 2.000rpm a 3.500rpm
  • Transmissão – Tração dianteira e câmbio automático de seis marchas
  • Direção – Assistência elétrica
  • Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, com eixo de torção
  • Dimensões – Comprimento, 4,26m; largura, 1,75m; altura, 1,49m; e entre-eixos, 2,56m
  • Freios – A disco nas quatro rodas, sendo ventilados na dianteira e sólidos na traseira
  • Rodas e pneus – Rodas de liga de 16 polegadas, calçadas com pneus 205/60 R16
  • Porta-malas – 415 litros
  • Tanque de combustível – 52 litros
  • Peso (em ordem de marcha) – 1.199 quilos
Foto: Eduardo Aquino
  • Principais equipamentos de série – Câmera de ré, computador de bordo, faróis e luzes diurnas em LED, sistema de som touchscreen Composition Touch” com App-Connect e tela de 6,5 polegadas, alerta de frenagem de emergência, seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), ar-condicionado com saídas para o banco traseiro, assistente de partida em subida, bancos revestidos em tecido, coluna de direção com ajuste de altura e distância, controles de tração e estabilidade, direção elétrica, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, controle automático de velocidade, rodas de liga de 16 polegadas, sensores de estacionamento traseiros, suporte para smartphone com entrada USB para carga e volante multifuncional.
  • Opcionais – Pacote VW Play & Tech (Controle adaptativo de distância e velocidade com função de frenagem de emergência e monitoramento frontal, sistema autônomo de frenagem de emergência anti- colisão frontal até 50 km/h, sistema de som touchscreen “VW PLAY” com tela colorida de 10 polegadas e App-Connect e volante multifuncional em couro com “shift-paddles”), R$ 3.520,00.
  • Preços – R$ 85.890,00. Completo, com todos opcionais, R$ 90.980,00.

Acesse: www.aceleraai.com.br

Acelera Ai
Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários