Inventor ‘voa’ pelas ruas de BH em vassoura inspirada na saga Harry Potter

vassouras harry potter
Vassouras no estilo Harry Potter serão acopladas em monociclos elétricos (Reprodução/Nuvem Vassouras)

Já imaginou ter a sensação de estar voando em uma vassoura inspirada no universo Harry Potter? A ideia é do inventor Alessandro Russo, de 28 anos, que decidiu juntar um monociclo elétrico com um suporte e uma vassoura customizada. A vontade de iniciar o projeto surgiu em janeiro e, agora, o grupo formado por seis pessoas tenta viabilizar a iniciativa por meio de financiamento coletivo.

Ao BHAZ, Vinícius Sanctus, diretor geral de operações, conta que Alessandro sempre foi muito fã da saga e, com isso, decidiu juntar uma equipe para começar o negócio. “Ele comprou um monociclo elétrico, e começou a imaginar como poderia ser a sensação de estar voando em uma vassoura. Quando o equipamento é acoplado, você empina para frente e acelera, quando vai para trás freia. É algo realmente diferenciado, que vai fazer os fãs desse universo se sentirem ainda mais parte dele”, começa.

A vassoura é produzida pela Nuvem Vassouras, sendo de madeira, com piaçava e palha com espuma para dar mais volume. O suporte é feito de ferro. O monociclo elétrico é no estilo do que guardas de shoppings usam para se locomover pelos corredores. Além disso, o acessório possui um giroscópio, como forma de proteção e auxílio na assessoria de modificação de velocidade.

“A vassoura virá com um suporte que prende, muda todo o controle de pés e pernas para a vassoura. O recomendável é para pessoas acima de 12 anos, já que a altura e peso influenciam no deslocamento. Estamos buscando ainda parcerias com distribuidoras de monociclos. Ainda é uma fase embrionária, na qual precisamos provar que o produto tem potencial de venda”, continua o diretor de operações.

Ano que vem

Ainda não há preço para o acessório, e a entrega deve começar no ano que vem. “Temos somente a loja digital, pois precisamos do capital inicial para conseguir abrir uma física. Inicialmente, queremos levantar 15 mil dólares canadenses (cerca de R$ 63 mil) para começar a confeccionar tudo. A nossa ideia é que, em um cenário positivo, possamos começar a entregar as vassouras em março do ano que vem”, continua.

Além dos fãs da saga britânica, Vinícius acredita que o produto deve atingir, também, curiosos e entusiastas de monociclo. “Quem usa o monociclo e, por exemplo, não tem aquele condicionamento físico, pode se adaptar bem com a vassoura”, explica.

Aulas

A equipe quer ir ainda mais longe, e oferecer também aulas para os novos pilotos. “Para se divertir, você precisa ser um piloto de vassouras. Por isso, queremos criar aulas para ensinar como usar o produto e ainda reunir pessoas interessadas na saga. O objetivo é agregar para vários meios sociais. Montar times de quadribol, por exemplo, algo bem do universo Harry Potter”.

Os modelos são diversos, sendo dois deles inspirados nos filmes, além de outros variados, com produção local. “A produção das vassouras é daqui de BH mesmo. A gente terceiriza a vassoura e o cabo com o marceneiro, na região do Barreiro. Aquela ‘bundinha’ a gente faz artesanalmente, na garagem de casa mesmo”, completa.

Edição: Roberth Costa
Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018 e 2019) e Sindibel (2019).

Comentários