Contágio da Covid-19 volta a cair e pode haver novidades na flexibilização

Imagem do comércio de BH
Feriado prolongado pode resultar em novas pessoas infectadas (Amanda Dias/BHAZ)

Belo Horizonte voltou a ver o índice de transmissão do novo coronavírus cair para 1,02 – depois de seis dias estagnado em 1,06. O dado do último boletim epidemiológico de ontem (13) mostra que a cidade ainda está no nível amarelo, que é estado de alerta. Por outro lado, as ocupações nos leitos de UTI e enfermaria continuam no nível verde, com 38,7% e 32,4% respectivamente.

O infectologista Estevão Urbano, um dos médicos do comitê de enfrentamento da Covid-19 em BH, conversou com o BHAZ e explicou que é preciso avaliar os próximos dias. “É uma queda pequena, mas já é um dado positivo. Mas precisamos avaliar por causa do feriado prolongado, que é quando as pessoas podem voltar infectadas”, explicou.

Segundo ele, não dá para comemorar muito números tão voláteis como o RT [Número médio de infecção por infectado] com tanta coisa acontecendo, como um longo feriado no qual muitas pessoas viajaram para outras cidades e estados. “Sabemos que viagem longa tem um maior risco de contágio e vamos tratar isso com muita cautela. Vamos aguardar até sexta-feira para ter ideia do que pode ser feito”, revela.

Veja a evolução do fator RT na capital nos dias úteis da última semana:

5/10 – 1,02
6/10 – 1,05
7/10 – 1,06
8/10 – 1,06
9/10 – 1,06
13/10 – 1,02

A capital tem, até o último boletim do dia 13 de outubro, 44.856 casos confirmados da doença, e 1.360 óbitos registrados. Veja abaixo o gráfico que acompanha o nível de isolamento social dos belo-horizontinos.

Gráfico mostra isolamento social (PBH/Divulgação)

Edição: Aline Diniz
Camila Saraiva
Camila Saraivacamila.saraiva@bhaz.com.br

Jornalista formada pela PUC-Minas em 2015. Pós-graduada em Jornalismo em Ambientes Digitais pelo Centro Universitário UniBH em 2019.

Comentários