Belo Horizonte totaliza mais de 43 mil casos de Covid-19

profissional de saúde atendendo paciente em hospital
O número de óbitos na capital mineira totaliza em 1.372 (BHAZ/Amanda Dias)

Uma nova atualização no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) aponta que BH tem 43.748 casos de Covid-19. O órgão segue com o acompanhamento do número de casos e óbitos por município. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (15). Minas Gerais tem um total de 328.402 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com a SES-MG, o número de total óbitos registrados na capital mineira é de 1.372. O índice de transmissão em Belo Horizonte está, atualmente, no nível amarelo. A ocupação de leitos de UTI e enfermaria, por sua vez, estão no nível verde (confira aqui). Segundo dados do painel de monitoramento dos casos, feito pela SES-MG, BH tem 41.691 recuperados.

Em Minas Gerais, o número de casos confirmados nas últimas 24 horas foi de 2.430. Já a quantidade de óbitos é igual a 86, segundo o boletim da Secretaria de Estado de Saúde. Já são 8.267 óbitos no total no estado. Conforme a atualização da SES-MG, 295.231 é o número de pacientes recuperados da Covid-19. Os pacientes que estão passando por acompanhamento nos hospitais ou em casa totalizam em 24.904.

Perfil epidemiológico

Conforme dados do boletim epidemiológico da SES-MG, a porcentagem de casos de Covid-19 segundo o sexo está bem dividida. Metade dos casos, 50%, está entre as mulheres e os outros 50% entre os homens. O número corresponde aos infectados que não chegaram a óbito. Já entre aqueles que morreram, a porcentagem tem uma leve diferença. A porcentagem das mulheres é de 43%, enquanto a de homens é 57%.

Os dados da atualização dessa quinta-feira (15) também mostram a porcentagem de contágio por idade. O maior número, que corresponde a 24% das pessoas que contraíram o vírus, representa a faixa de 30 a 39 anos. O menor número está entre os recém-nascidos, equivalente a 0,5% dos pacientes que foram afetados pela Covid-19. Tais números correspondem aos casos confirmados que não chegaram a óbito.

Onda verde no Estado

O Comitê Extraordinário Covid-19 liberou ontem (14), dados que informam que a metade das macrorregiões de Saúde de Minas Gerais estão inseridas na onda verde. Esse é o melhor número conquistado até agora pelo programa Minas Consciente. Tais alterações permitem que as regiões do Triângulo do Norte, Sudeste, Noroeste e Centro evoluam para a onda verde. (Relembre aqui).

Edição: Roberth Costa
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários