Homem é espancado e morto na rua por causa de um celular em BH

Fachada de prédio no bairro Castelo
Crime foi cometido depois de confusão por causa de celular (Reprodução/Google Street View)

Uma confusão por causa de um celular terminou em morte no bairro Castelo, na região da Pampulha, na tarde de ontem (18). Um homem de 32 anos foi espancado até a morte no meio da rua Castelo de Ajuda, depois de ter sido acusado de furtar o celular de uma mulher.

A suposta vítima do furto alegou à PM (Polícia Militar) que deu uma paulada no suspeito. Ela afirmou que foi ameaçada e xingada pelo rapaz. Na sequência, o suspeito foi agredido com enxadadas e hostilizado por outros moradores de um prédio desativado.

Esposa tentou salvar companheiro

A esposa da vítima e testemunha do ocorrido contou aos militares que tentou intervir na agressão. Ela implorou para que parassem a violência, mas não teve sucesso.

Os agressores foram identificados pela polícia e levados para a delegacia de homicídios. O homem morreu no local e a motivação, segundo a PM, foi o desentendimento devido a um suposto furto de celular.

Edição: Aline Diniz
Camila Saraiva
Camila Saraivacamila.saraiva@bhaz.com.br

Jornalista formada pela PUC-Minas em 2015. Pós-graduada em Jornalismo em Ambientes Digitais pelo Centro Universitário UniBH em 2019.

Comentários