Justiça Eleitoral autoriza candidatura de Fabiano Cazeca na disputa pela PBH

fabiano cazeca candidato pbh
Decisão autoriza a candidatura de Fabiano Cazeca à Prefeitura de BH (Reprodução/Facebook/Fabiano Cazeca)

O TRE-MG( Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais) definiu hoje (23) que o candidato à Prefeitura de Belo Horizonte, Fabiano Cazeca (Pros), poderá seguir com a candidatura ao pleito municipal.

A decisão foi deferida pelo desembargador Octavio Augusto Denigris Boccalini, que considerou que na campanha de 2014 não houve irregularidades na prestação de contas do candidato. No texto, o magistrado decidiu que não houve doações excessivas ou irregulares a ponto de ser considerada Abuso de Poder Econômico.

Entenda o caso

O processo ocorria desde 2016. Segundo o TRE-MG, na campanha de 2014, o candidato havia extrapolado na quantidade de doações para sua campanha. Os valores das doações eram vindas da empresa que o próprio candidato é sócio, a Cazeca Assessoria e Cobrança Ltda.

Pela decisão anterior, o candidato do Pros só poderia disputar eleições no ano de 2024. Mas em 2018 Cazeca chegou a disputar a eleição para o cargo de deputado federal e teve 19.698 votos – mas não foi eleito.

No dia 9 de outubro deste mês, o TRE-MG considerou a decisão de 2014, essa que dizia que Cazeca estava inelegível por oito anos. Porém, o órgão decidiu confirmar uma decisão liminar de primeira instância da Justiça Eleitoral, e assim, manteve a candidatura.

Procurado pela reportagem do BHAZ, na tarde desta sexta-feira (23), às 16h35, Fabiano Cazeca afirmou ainda não ter conhecimento da decisão, e diz que “ainda está por fora disso”.

Edição: Roberth Costa
Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários