PM realiza parto de urgência na madrugada em BH: ‘Gratificante’

PM após realização de parto
Família pediu socorro aos policiais, quando a mulher entrou em trabalho de parto dentro do carro (Reprodução/PMMG)

Policiais militares atenderam uma emergência inusitada depois de serem abordados por um carro com pessoas pedindo socorro. Dentro do veículo, uma mulher estava em trabalho de parto. Felizmente, a situação teve um final feliz. A pequena Aylla veio ao mundo com segurança, na madrugada desta segunda-feira (26), em frente a companhia policial no bairro Vale do Jatobá, na região do Barreiro.

Um dos policiais que participou do parto de urgência é o cabo Libério Antônio Mendes. Ele conta ao BHAZ que nunca tinha atendido a uma ocorrência como essa. “É estranho, mas é legal porque trouxe uma vida ao mundo. Você vê aquela coisinha pequenininha, quase do tamanho da sua mão, toda ‘fragilzinha’. Quando vê que começou a chorar e a respirar, você já fala ‘graças a Deus'”, relata.

Libério diz que os policiais não tiveram outra opção, a não ser agir rápido. Quando o veículo parou em frente à companhia militar, a pequena Aylla já estava prestes a nascer. Junto do colega Edinilson e com o apoio de outros colegas, Libério realizou o parto e fez os primeiros socorros. Em seguida, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado para prestar as demais assistências necessárias.

Emoção e profissionalismo

Libério conta ao BHAZ que há um treinamento policial básico, realizado pelos militares a cada dois anos. Nessa ocasião, situações como o parto de Aylla são abordadas. “Nós não somos especializados, mas não somos completamente leigos”, comenta.

Mas após trazer uma vida ao mundo, o militar conta que a emoção realmente é o que toma conta. “O mais importante é que a Aylla e a mãe passam bem e isso que é o mais gratificante. Saber que deu certo, foi um final feliz, faz sentido”, conclui.

Edição: Roberth Costa
Guilherme Gurgel
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários