Motorista é atacado com seringa supostamente contaminada por HIV

motorista carro seringa
Vítima também levou uma facada nas costas (Amanda DIas/BHAZ + HeungSoon/Pixabay)

Um homem belo-horizontino de 54 anos foi atacado com várias agulhadas de uma seringa com uma substância desconhecida, por um homem que alegava que o instrumento estava contaminado com HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana). O ataque ocorreu enquanto o condutor dirigia pela avenida Olegário Maciel, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na madrugada desta quarta-feira (28).

De acordo com o registro da Polícia Militar, a vítima estava dirigindo quando foi parada por um motoqueiro e um passageiro na garupa. O homem que estava atrás desceu da motocicleta segurando uma arma, abriu a porta do carro da vítima e se sentou no banco de passageiro do veículo.

Já dentro do carro, o homem bateu com a arma na cabeça do motorista e o atacou com a seringa em várias partes do seu corpo, “alegando a todo momento que ela estava contaminada com o vírus HIV”. A vítima também contou que foi furado nas costas com uma faca e que os dois autores levaram R$ 80 antes de fugir.

O motorista foi levado pela viatura da Polícia Militar ao Hospital João XXIII, onde recebeu atendimento e foi medicado. O veículo foi liberado pela corporação ao filho da vítima.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários