Cinegrafista ex-Globo é tirado das ruas em BH: ‘Semblante de felicidade’

Cinegrafista resgatado
Henrique Silva está internado em uma clínica de reabilitação (Arquivo pessoal)

O cinegrafista Henrique Silva, que estava em situação de rua em BH, foi localizado por um dos irmãos e agora vivencia uma nova e boa fase. Ele está internado em uma clínica de reabilitação em Esmeraldas, na região metropolitana da capital.

O amigo Dimalê foi quem pediu ajuda para retirar Henrique das ruas. O jornalista e músico contou ao BHAZ que está muito feliz por ter boas notícias do colega. “Daqui a pouco nós podemos ir visitá-lo. Já fez a barba, o cabelo, está limpinho e cheiroso. Está com a cara mais alegre, com o semblante da felicidade”, contou.

Dimalê explica que Henrique está se recuperando aos poucos, mas ainda precisa de ajuda dos amigos e quem mais puder contribuir com a reabilitação do cinegrafista. “Vamos trazê-lo pra vida, arrumar um trabalho pra ele na área de comunicação. Essas mãos precisam ser estendidas agora, que ele precisa mais ainda. Henrique perdeu um pouco a memória ao se envolver no submundo que só te oferece droga, bebida, química pesada. Mas agora ele está recuperando. Uma semana e pouco de tratamento já fez diferença”, revela

Segundo o amigo de Henrique, a clínica não tem um custo barato e a família precisa de ajuda para manter gastos como remédio, além de tratamento com psiquiatra.

“Temos que fazer nossa parte, nós amigos precisamos ajuda-lo. Essa clínica não é de graça e não é baratinho. É um condomínio bacana, que cuida das pessoas. Eu estou pedindo aqui em nome do Henrique Silva, em nome da amizade e das pessoas de bens que somos. Cada um fazendo a sua parte nós vamos resgatá-lo o mais rápido possível”, pede o amigo.

Para trazer ainda mais esperança à vida de Henrique, Dimalê conta que uma pessoa muito importante já garantiu que, assim que ele se recuperar, terá um emprego em um canal de TV. “A vida o espera para bilhar. Ele é um grande cinegrafista, ele é radialista, repórter. Ele é muita coisa numa pessoa só”, exalta.

Edição: Roberth Costa
Camila Saraiva
Camila Saraivacamila.saraiva@bhaz.com.br

Jornalista formada pela PUC-Minas em 2015. Pós-graduada em Jornalismo em Ambientes Digitais pelo Centro Universitário UniBH em 2019.

Comentários