Feto é encontrado em lixeira de hospital e vira caso de polícia

polícia investiga feto lixeira hospital
Mulher é suspeita de dar à luz em banheiro de hospital (FOTO ILUSTRATIVA/Amanda Dias/BHAZ)

A Polícia Civil investiga o caso de uma mulher de 37 anos suspeita de dar à luz no banheiro de um hospital e deixar o feto em uma lixeira. O caso ocorreu na quinta-feira (19) na cidade de Caetanópolis, região Central de Minas. A suposta mãe da criança negou que estivesse grávida e ainda contou que os marido teria feito vasectomia.

De acordo com a PM, a equipe médica do local acionou a corporação depois que uma funcionária da limpeza encontrou o feto na lixeira de um banheiro. No registro policial, testemunhas informam que a mulher chegou à unidade reclamando de dores e que pediu para ir ao banheiro antes do atendimento. Ao voltar, ela ainda sentia dores e estava suja de sangue.

Depois que o feto foi localizado, a perícia esteve no local e constatou o óbito. Ainda segundo a PM, ele tinha cerca de sete meses de gestação.

A mulher investigada chegou a ser internada e depois transferida para o Hospital Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas. Não há detalhes a respeito do estado de saúde dela e as apurações do caso continuam.

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal no ano de 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove de Belo Horizonte e tem como foco a editoria de Cidades.

Comentários