Marido de cantora gospel é filmado agredindo esposa em shopping

Cantora gospel agredida pelo marido
Agressões já aconteciam há um ano (Reprodução/juninhoblackoficial/Instagram + Reprodução/quesiafreitasoficial/instagram)

A cantora gospel Quesia Freitas foi agredida fisicamente pelo marido, Bruno Feital, em um shopping na Zona Oeste do Rio de Janeiro, no último sábado (21). Um vídeo que flagrou a agressão foi publicado pelo irmão da artista, o também cantor gospel Juninho Black, que denunciou o caso nas redes sociais e disse que as agressões são constantes.

“O agressor é o atual marido dela, que vem a agredindo há mais de um ano. Minha irmã vem sofrendo tortura psicológica, abuso emocional, agressões físicas e coação. Resolvi trazer a público o caso agora depois de perdoar várias vezes. Família, não quero que minha irmã caia nas estatísticas de feminicídio. Tenho outros vídeos de agressões em local público e as autoridades ainda não colocaram esse animal na cadeia”, escreveu o cantor.

Nas imagens divulgadas, o marido segura e empurra a cantora enquanto uma mulher filma a situação. “Olha aí o agressor, solta ela!”, diz a mulher, enquanto três homens se aproximam do casal e tentam impedir o marido de agredir a mulher. Bruno Feital está foragido e apagou as redes sociais após a repercussão.

“A gente só acredita quando acontece dentro da nossa família e infelizmente dessa vez está acontecendo com minha irmã. Autoridades responsáveis, aqui fica o apelo para que esse covarde pague pelo que vem fazendo com minha irmã e todo transtorno que está trazendo a minha família. Ele tem que estar atrás das grades. Peço ajuda a todos vcs amigos e artistas compartilhem o caso e a foto dele para chamar atenção da justiça”, completa Juninho Black na publicação.

Retiro e medida protetiva

Em stories publicados no Instagram nesta quarta-feira (25), Quesia Freitas contou que está em um retiro espiritual enquanto se recupera da violência sofrida e vai passar alguns dias sem o celular. “Quero agradecer a Deus pela vida de cada um, cada mensagem, eu estou lendo cada uma. Conto com a oração de cada um de vocês”, disse a cantora.

“Eu sei que vai ser uma benção para a minha vida, tanto no físico quanto no psicológico, quanto no espiritual. É necessário. Quando eu voltar eu conto tudo, as experiências que eu tive, porque eu sei que serão sobrenaturais”, completou. Quesia também publicou uma imagem em referência ao dia de hoje, o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher.

Ao jornal Extra, o irmão da cantora também disse que ela pediu uma medida protetiva contra o marido e registrou uma ocorrência policial contra o agressor. Quesia Freitas conta com a ajuda de três advogados, um no Rio, outro em São Paulo e um terceiro em Brasília.

Edição: Thiago Ricci
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários