Sob medida protetiva, mulher é baleada pelo companheiro; homem se matou em seguida

viatura polícia militar suicídio
Um homem atirou na companheira e depois se matou (Reprodução)

Atualizada às 19h02 do dia 26/11 para inserir entrevista com PM

Um homem atirou na companheira e depois em si mesmo na tarde de hoje (26). O crime ocorreu na Rua Juiz de Fora, dentro de uma clínica de fisioterapia, no bairro Barro Preto, região Centro-Sul de BH.

O autor teria ido até a clínica e atirado na cabeça da mulher e em seguida atirado contra si. Segundo a Polícia Militar, de princípio, os dois teriam um relacionamento afetivo. A mulher já tinha feito denúncias contra o rapaz e estava sob medida protetiva da Lei Maria da Penha.

Segundo o Tenente Bruno, o homem comprou a arma, dias antes com o intuito de cometer o crime. “A arma foi comprada recentemente e especificamente para esse crime”.

A mulher foi socorrida pela PM e chegou sem sinais vitais no Hospital João XXIII, mas os médicos conseguiram reanimá-la. Já o homem morreu no local. ”

Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários