Luzes da Liberdade serão inauguradas hoje; abertura contará com shows de artistas mineiros

liberdade luzes natal inauguradas hoje
Iluminação de Natal será mantida da Praça da Liberdade este ano (Amanda Dias/BHAZ)

Será inaugurado hoje (2) o festival Luzes da Liberdade, no Palácio da Liberdade, região Centro-Sul de Belo Horizonte. O evento marcado para começar às 19h terá shows de Marcus Viana, Maurício Tizumba e apresentação do quarteto de cordas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

Durante a inauguração, que deve durar até às 23hrs, a fachada do palácio também receberá uma projeção mapeada em alusão aos 300 anos de Minas Gerais, também comemorado nesta quarta. Luzes cênicas ainda iluminarão a Biblioteca Pública, o Museu Mineiro e Arquivo Público, UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais), Funarte, a sede da CDL-BH (Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte) e o Palácio das Artes.

As luzes estarão pela cidade até o dia 6 de janeiro de 2021, e o festival contará com uma programação cultural, incluindo oficinas, programação infantil, 15 apresentações musicais com transmissão ao vivo pelos canais digitais, projeções espalhadas em 14 endereços, circuito de presépios, shows de laser que poderão ser vistos de diversos pontos da cidade.

Veja programação completa abaixo:

03/12 (quinta-feira):

19hrs: AO Coral – Funarte (com transmissão ao vivo)

Mapping – Palácio da Liberdade

04/12 (sexta-feira):

19hrs: Kiko Klaus – Funarte (com transmissão ao vivo)

Iluminação Cênica

Mapping – Palácio da Liberdade (até às 23hrs)

Projeção natalina – Iepha (até às 23hrs)

05/12 (sábado):

Celso Adolfo, violonista e compositor – Funarte (com transmissão ao vivo)

Iluminação Cênica

Mapping – Palácio da Liberdade (até às 23hrs)

Projeção natalina – Iepha (até às 23hrs)

06/12 (domingo):

17hrs – Telo Bordes e Cláudio Venturini (com transmissão ao vivo)

Iluminação Cênica

Mapping – Palácio da Liberdade (até às 23hrs)

Projeção natalina – Iepha (até às 23hrs)

07/12 (segunda-feira) a 10/12 (quinta-feira):

Apenas as luzes cênicas dos edifícios ficam acesas durante a noite.

As “lives” serão transmitidas nas redes sociais do Luzes da Liberdade.

Projeções e retirada de convite

A partir da próxima sexta-feira (11), entrará no ar da programação as projeções em empenas espalhadas pelo circuito, que vai da Praça da Estação à Praça da Liberdade, em pontos da rua da Bahia com Caetés, com Álvares Cabral e com Contorno. O mapping na fachada do Palácio da Liberdade também volta a acontecer, das 19 às 23hrs, até o domingo (13). Nesse mesmo final de semana, ocorrerá a estreia do show de laser, direto da UEMG, que poderá ser visto no espaço aéreo de Belo Horizonte. A assessoria do festival comunicará novidades da programação em breve.

De acordo com a idealizadora do projeto e produtora cultural Danusa Carvalho, “a proposta é que as pessoas passem de carro, apreciem a projeção, as luzes cênicas nas fachadas dos prédios e sigam para os outros pontos de luz na cidade, como a Praça da Estação e a rua da Bahia, sem aglomerações e com responsabilidade”. Na quinta-feira (3), apenas 40 pessoas, em média, poderão assistir ao show ao vivo, de forma presencial, e mediante retirada do convite na bilheteria, por ordem de chegada.

Impasse 

Na semana passada, o Comitê de Combate à Covid-19 da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) tinha realizado um pedido formal a Alexandre Kalil (PSD) para que a tradicional iluminação de Natal na Praça da Liberdade não fosse realizada neste ano na capital mineira. O apelo veio em razão do aumento de casos do novo coronavírus na capital e a aglomeração que o evento provoca. 

“A recomendação do comitê é que não tenha e, se tiver, que seja de uma forma que a pessoa só possa apreciar de dentro do próprio carro. A definição vai depender do prefeito”, disse, ao BHAZ, o médico infectologista Estêvão Urbano, um dos especialistas que compõem o comitê ao lado do secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, Carlos Starling e Unaí Tupinambás.

“Vivemos um momento crítico e, para não deixarmos a situação sair do controle, não podemos proporcionar algo que provoque aglomeração. Estamos tendo aumento no número de casos, mas a situação está relativamente controlada, mas pode descontrolar a qualquer momento”.

Apesar da CEMIG, responsável pela iluminação, ser um órgão estadual, a decisão final era do prefeito da cidade e do secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis. O circuito, que agora foi confirmado, terá um novo formato, com uma programação cultural e de iluminação que vai extrapolar os contornos da Praça da Liberdade. Ele é fruto de parceria entre a companhia energética e a CDL-BH, Iepha e produtoras.

Pandemia em BH

De acordo com o último Boletim Epidemiológico, BH tem 54.754 casos confirmados de Covid-19 e 1.662 mortes. O número de recuperados chegou a 50.524 e o de pacientes em acompanhamento é de 2.568. O número médio de transmissão por infectado (RT) está em 1,03 – nível amarelo. As ocupações nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria permanecem no nível verde 39,1% e 41,9%, respectivamente.

Edição: Roberth Costa

Comentários