Coelhão não consegue superar Palmeiras e encerra campanha histórica

coelho américa eliminado copa do brasil palmeiras
Coelho encerra campanha histórica no Copa do Brasil (Mourão Panda/América)

Na campanha histórica do América na Copa do Brasil, no jogo de volta da semifinal, acabou dando Palmeiras. A vitória paulista por 2 a 0 ocorreu nesta noite de quarta-feira (30), no Independência, em Belo Horizonte. Na quarta-feira passada, os times haviam empatado por 1 a 1 no Allianz Parque, em São Paulo. Na finalíssima, a ser disputada em fevereiro de 2021, o Palmeiras enfrenta o Grêmio, que eliminou o São Paulo no placar agregado de 1 a 0.

Cautela de sobra

O jogo começou truncado, com os dois times marcando em cima e evitando ataques perigosos. Aos 20 do 1T, a partida já somava 10 faltas, um alto índice em pouco tempo, demonstrando a cautela dos jogadores. Na primeira etapa, os goleiros mal sujaram os uniformes. 

Demorou, hein?

Como o jogo estava morno, um lance mais perigoso só veio aos 45 do 1T, depois de “latereio” cobrado por Marcos Rocha. O goleiro Matheus Cavichioli deixou a bola escapar e Willian resvalou para o gol, mas o arqueiro americano defendeu. O time da casa respondeu aos 47 com chute de Sávio, que passou ao lado da trave de Weverton.

Jogo esquenta

No começo do 2T, aos 4 minutos, mais um “latereio” perigoso de Marcos Rocha: Gustavo Gómez cabeceou e a bola foi perto do travessão. O Coelho deu uma boa resposta aos 10, em bom contra ataque. O atacante Felipe Augusto, que entrou na segunda etapa, avançou e chutou, mas Weverton defendeu sem deixar rebote.

A pressão americana continuou e, apenas um minuto depois, Ademir bateu colocado e a bola passou perto do gol. Aos 12 do 2T, depois de boa troca de passes, Juninho chutou livre de marcação na área e Weverton observou.

Quem não faz…

Leva, né? Na primeira chegada do Porco no 2T, Rony achou Luiz Adriano na entrada da área. O atacante chutou rasteiro no canto, e a bola foi direto para as redes depois de raspar no zagueiro Messias.

Fim da façanha

O América pareceu sentir o gol, e ficou mais exposto em campo. Até que sofreu mais um aos 39 do 2T: Lucas Lima cobrou falta na cabeça de Mayke, o goleiro Matheus fez uma grande defesa, mas a bola sobrou para Rony mandar direto para as redes, também de cabeça.

O time de Lisca estava fazendo história desde as quartas, e foi também a primeira semifinal jogada pelo clube na Copa do Brasil. Mesmo com a derrota, a torcida sai orgulhosa do feito e ainda tem a volta para a Série A praticamente garantida em 2021.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA 0 x 2 PALMEIRAS

Data: 30 de dezembro de 2020, quarta-feira
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos da Fifa)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha
Cartões amarelos: Daniel Borges (AMG); Gustavo Gomez e Lucas Lima (PAL)
Gols:
PALMEIRAS: Luiz Adriano (23 min do 2º Tempo) e Rony (39 minutos do 2º Tempo)

AMÉRICA: Matheus Cavichioli; Daniel Borges (Marcelo Toscano), Messias, Anderson e Sávio; Flávio (Zé Ricardo), Juninho, Alê (Calyson) e Geovane (Felipe Augusto); Ademir e Rodolfo (Vitão)
Técnico: Lisca

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Matias Viña; Danilo, Gabriel Menino (Patrick de Paula) e Raphael Veiga (Lucas Lima); Rony, Willian (Gustavo Scarpa) e Luiz Adriano (Mayke)
Técnico: Abel Ferreira

Edição: Thiago Ricci
Beatriz Kalil Othero
Beatriz Kalil Otherobeatrizkof@gmail.com

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre os jogos dos times mineiros como repórter freelancer para o BHAZ.

Comentários