‘Estamos esgrimando com loucos’: Desabafo de Bonner no Jornal Nacional dá o que falar

bonner
Bonner fez desabafo impactante no Jornal Nacional desta quinta (Reprodução/Globo)

O jornalista William Bonner fez um discurso impactante, na noite desta quinta-feira (14), durante o Jornal Nacional, na Globo. Antes de chamar o repórter Alan Severiano para falar sobre os números da Covid-19 no Brasil, Bonner soltou o verbo a respeito de quem dissemina notícias falsas em meio à pandemia de Covid-19.

“Aí chega aquele momento em que eu e Renata Vasconcelos, nós aparecemos aqui ao lado do Alan Severiano, e vocês já sabem o que vai acontecer. Mas eu só queria lembrar que se nós fazemos isso todo dia, é porque nós estamos cumprindo um dever profissional. Nós aqui e todos os jornalistas do planeta Terra”, disse Bonner.

“Nesse momento, infelizmente, além de dar as notícias, dar as informações corretas, nós estamos esgrimando com loucos, irresponsáveis, com gente que é capaz de entrar num WhatsApp da vida e sair espalhando mentiras a bel prazer. Mas as mentiras mais absurdas, as mais absurdas. Crendices. Tem gente que faz isso investido de cargo público, tem gente que faz isso sistematicamente”, continuou o âncora.

Por fim, Bonner garantiu que os jornalistas, mesmo diante de tantas notícias falsas, seguirão sem desistir do trabalho. “Mas a gente aqui, nós jornalistas profissionais, nós não vamos desistir, porque esse é o nosso dever profissional, nós estamos aqui defendendo nossa profissão, mas nós também estamos defendendo a sociedade. A nossa, aqui no Brasil, e cada colega nosso jornalista em cada país desse planeta”, finalizou.

Repercussão

Nas redes sociais, internautas já repercutem o desabafo do apresentador. Veja parte da repercussão:

Roberth Costa
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018 e 2019, além figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, também em 2019.

Comentários