Adilson Batista deixa UTI e agradece: ‘Ganhei uma nova chance na vida’

adilson batista treinador
Último trabalho no futebol foi treinando o Cruzeiro (Reprodução/Twitter + Vinnicius Silva/Cruzeiro)

O técnico Adilson Batista deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), nesse domingo (17), e segue em um quarto recuperando do infarto sofrido. Em vídeo postado nas redes sociais, o ex-treinador do Cruzeiro agradeceu o carinho recebido e disse que ganhou “uma nova chance na vida”. Adilson segue internado no Hospital Cardiológico Constantini, em Curitiba, capital do Paraná.

“Ganhei mais uma nova chance na vida. Gostaria de agradecer a Deus, aos médicos, pessoal da ambulância foi muito cordial comigo, os socorristas. Agradecer toda minha família, amigos, colegas, a imprensa, os clubes que se se manifestaram e as milhares de pessoas que estão orando e rezando. Eu saí da UTI e vim para o quarto. Deu tudo certo, graças a Deus. Só tenho a agradecer”, disse em vídeo.

Adilson tem 52 anos, sofreu um infarto, na última quinta-feira (14), e foi submetido a dois cateterismos. A melhora no quadro de saúde possibilitou a transferência da UTI para o quarto e descartou a necessidade de realização de cirurgia, conforme informou a assessoria do ex-jogador e ídolo do Cruzeiro.

O último trabalho de Adilson no futebol foi justamente no Cruzeiro, clube no qual é ídolo da torcida. Ele foi contratado com a esperança de evitar o inédito rebaixamento da equipe celeste para a Série B, mas não conseguiu. O técnico iniciou 2020 no clube mineiro, mas acabou sendo demitido após derrota para o Coimbra por 1 a 0, no Campeonato Mineiro.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários